Polí­cia

Foto: Divulgação

Encontra-se recolhido na carceragem da Casa de Prisão Provisória de Gurupi, Evilásio G. L., 39 anos de idade. Ele é o principal suspeito pelo homicídio que vitimou Maria Cristina Alves de Souza, crime ocorrido no dia 11 de janeiro de 2017, no Setor Medeiros em Gurupi.

O homem foi capturado por policiais civis da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), por meio de cumprimento de mandado de prisão preventiva quando se encontrava no mesmo setor em que Maria foi morta.

Conforme o delegado Rafael Fortes Falcão, titular da Deic, as investigações revelaram que, no dia dos fatos, Evilásio teria discutido com Maria Cristina, supostamente por uso de drogas e, armado com uma faca, teria desferido dois golpes que atingiram o tórax e o pescoço da vítima, que veio a óbito no local.

“Com base nas provas colhidas, representamos, junto ao Poder Judiciário, pela prisão preventiva do Evilásio, a qual foi deferida e cumprida, nesta quarta-feira”, disse o delegado. O indivíduo foi levado a sede da Deic e, após os procedimentos cabíveis, foi recolhido à carceragem da CPPG, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.