Estado

Foto: Divulgação

O Bolsa Família, do Governo Federal, é um programa que contribui para o combate à pobreza e à desigualdade social no Brasil. No Tocantins, mais de 100 mil famílias são atendidas na atualidade. Alguns beneficiários sofreram cortes parciais ou na totalidade do valor recebido mensalmente, nos últimos meses. De janeiro de 2016 a julho de 2017, um total de 18.073 mil famílias tocantinenses foram cortadas do Bolsa Família. 

Segundo dados repassados ao Conexão Tocantins pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), para um total de 118.372 mil famílias, no mês de julho de 2017, foi repassado o montante de R$ 21.574.849,00. Em janeiro deste ano, foram atendidas 127.771 mil famílias tocantinenses. O valor pago no mês, foi de R$ 22.951.694,00 milhões. No mês de março de 2017, um total de 128.001 mil famílias do Estado receberam o Bolsa Família, somando um repasse de R$ 22.939.468,00 milhões. 

Em janeiro do ano passado, 136.445 mil famílias tocantinenses receberam o Bolsa Família, totalizando o montante de R$ 22.426.587,00 milhões. Já no mês de agosto, quando Michel Temer assumiu em definitivo a Presidência do País, o Tocantins contava com 134.191 mil beneficiários do programa, 15.819 mil famílias a mais que em julho de 2017. 

Cortes nos municípios do TO 

No último mês de julho, de acordo com tabelas repassadas pelo MDS, Palmas, capital do Tocantins, contou com 9.775 mil famílias, 919 a menos que em junho que contou 10.694 mil famílias beneficiadas, sendo repassado o montante de R$ 1.499.954,00 milhões, com benefício médio de 153,45 por família. Em julho de 2016, foram beneficiadas 11.031 mil famílias palmenses, com o montante de R$ 1.742.024,00 milhões, com média de R$ 157.94 por família. No período, foram cortadas 1.256 mil famílias palmenses. 

Em Araguaína, neste último mês de julho, 9.422 mil famílias da cidade receberam o Bolsa Família, sendo repassado o montante de R$ 1.284.359,00 milhões, com repasse médio de R$ 136.31. Em julho de 2016, um total de 12.355 mil famílias araguainenses receberam o benefício, sendo repassado o montante geral de R$ 1. 864.841,00 milhões, sendo a média de repasse por família de R$ 150,94. No período, foram cortadas 2.913 mil famílias araguainenses. 

O Programa 

O Bolsa Família foi criado em 2003 e possui três eixos principais: complemento de renda (garante o alívio mais imediato da pobreza); acesso a direitos (as famílias devem cumprir alguns compromissos) e Articulação com outras ações ( integrar e articular políticas sociais a fim de estimular o desenvolvimento das famílias). Desde 2011, o Bolsa Família faz parte do Plano Brasil Sem Miséria, que reuniu diversas iniciativas para permitir que as famílias deixassem a extrema pobreza, com efetivo acesso a direitos básicos e a oportunidades de trabalho e de empreendedorismo.

Saiba mais acessando as tabelas do Bolsa Família 2016 e 2017

http://mds.gov.br/area-de-imprensa/dados/bolsa-familia/pagamento-mensal-2017

http://mds.gov.br/area-de-imprensa/dados/bolsa-familia/pagamento-mensal-2016

Saiba mais sobre o Bolsa Família.