Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou a Operação Independência do Brasil na quinta-feira (06) com ações intensificadas até domingo (10). Nesse período a PRF contou com reforço no policiamento nas rodovias federais em todo o Tocantins. Nos cinco dias foram fiscalizados 1.126 veículos e um total de 1.290 pessoas. 

No período, a PRF registrou um total de 13 acidentes nas rodovias federais que cortam o Estado do Tocantins. Duas pessoas morreram e oito ficaram feridas.

As fiscalizações foram concentradas em locais e horários de maior incidência de acidentes e crimes, de acordo com estudo estatístico promovido pelo órgão. A PRF priorizou ações preventivas para redução da violência do trânsito e de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, à alcoolemia ao volante e às ultrapassagens proibidas.

No total, foram lavrados 313 autos de infração aos condutores que cometeram alguma falta administrativa de trânsito. Um número preocupante é de que a maior parte das autuações dizem respeito à ultrapassagem em local proibido, sendo registrado um total de 88 autos de infração lavrados por tal prática perigosa.

No que tange à prática ilegal de consumir bebida alcoólica e assumir a direção de veículo automotor, tem-se que a PRF intensificou sua atuação no combate a referida conduta. Como resultado dos esforços despendidos, durante o período da operação a PRF flagrou 11 condutores dirigindo sob o efeito de álcool, sendo 3 destes encaminhados para Delegacia da Polícia Civil em razão dos elevados índices registrados nos testes.

Dos 3 condutores detidos por embriaguez ao volante, 2 se envolveram em acidentes de trânsito. O primeiro fato ocorreu no dia 10/09/2017, por volta das 00h15,na BR-153/TO, km 176,0, município de Araguaína/TO, ocasião em que o condutor embriagado tombou o caminhão que conduzia, tendo a pista ficado parcialmente interditada pela carga de madeira que este transportava – acidente não teve feridos. 

O segundo acidente envolvendo condutor embriagado foi registrado no dia 10/09/2017, por volta das 01h15, na BR-153/TO, km 446, município de Barrolândia/TO, ocasião em que o condutor embriagado que dirigia um veículo de passeio, invadiu a pista contrária e colidiu lateralmente com um caminhão – o condutor sofreu ferimentos leves. 

Percebe-se que o número de acidentes, em seu maior percentual, está associado à conduta imprudente e muitas vezes criminosa dos condutores. As ultrapassagens em local, excesso de velocidade e embriaguez ao volante continuam relacionadas às principais causas dos acidentes mais graves e com maior letalidade registrados nas rodovias federais. (PRF)