Educação

Foto: Juliana Carneiro

No Colégio Estadual São José, em Palmas/TO, as ações do Programa Ensino Médio Inovador (Proemi) estão elevando o nível da aprendizagem dos alunos, com aulas de reforço, curso de redação e atividades sobre as profissões. As atividades do Proemi atendem cerca de mil alunos.  

Uma das ações que está tendo bons resultados é o cursinho de Língua Portuguesa e Redação, que está sendo ministrado no período da noite, durante três dias por semana, sob a coordenação do professor Liethen de Lima Primo. Esse cursinho está sendo muito procurado pelos alunos.

A escola firmou uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), e alguns estudantes visitaram a instituição para conhecer os cursos técnicos que lá são ofertados, e assistiram a uma palestra sobre o “Mundo do Trabalho”.

Por meio do Proemi, os alunos que tiveram alguma dificuldade em Matemática estão tendo aulas de reforço, com o acompanhamento individualizado para suprir as dificuldades de aprendizagem. As atividades propostas pelo Proemi contemplam os Campos de Integração Curricular (CIC), que são: acompanhamento pedagógico em Língua Portuguesa e Matemática; iniciação científica e pesquisa; mundo do trabalho; línguas adicionais/estrangeiras; cultura corporal; produção e fruição das artes; comunicação e uso de mídias e cultura digital e protagonismo juvenil.

Os alunos também passaram a exercer a cidadania e estão fazendo parte das tomadas de decisões da escola, por meio do Grêmio Estudantil. “Para a escolha dos alunos representantes, a escola desenvolveu todo o processo eletivo. Eles estudaram o estatuto do grêmio, participaram de palestras com psicólogos. E, no dia da eleição, foram utilizadas urnas eletrônicas para a votação”, explicou a professora Eliana Nunes, coordenadora do Proemi no Colégio São José.

A participação do aluno no programa é voluntária. Eliana aponta vantagens para os estudantes que aderiram ao Proemi. “Eles têm mais oportunidades de aprendizagem e de desenvolverem suas habilidades. Vamos fazer uma campanha na escola para que mais jovens participem de nossas atividades”, frisou.

“É uma satisfação ter as ações do Proemi do Colégio São José como referência para outras instituições de ensino. É a comprovação de que estamos no caminho certo, visando à melhoria do ensino e da aprendizagem”, esclareceu o diretor José Antônio Aguiar Gama.

A estudante Giovanna Rocha, 17 anos, matriculada na 3ª série do ensino médio, destacou a motivação que está recebendo do Proemi. “No ano passado fiz as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não me saí muito bem na redação. Por isso, estou participando do cursinho oferecido pela escola. Passei a ter visão de futuro e estou me sentindo mais segura”, contou. Giovanna disse que intensificou os estudos, ela deseja ser aprovada no curso de Engenharia Civil.

O jovem Rafael Reis, 18 anos, que também está na 3ª série do ensino médio, contou que sentiu mais motivação depois que passou a fazer parte do curso de redação. “O professor nos incentiva a fazer leituras, indica sites de pesquisas, produzimos textos, passamos a pensar mais no futuro, a acreditar no nosso potencial e a nos prepararmos mais para as provas do Enem e dos vestibulares”, comentou.