Educação

Foto: Marcio Vieira Beatriz Santana representa o Tocantins no Jovem Parlamento do Mercosul Beatriz Santana representa o Tocantins no Jovem Parlamento do Mercosul

Ao todo, no Brasil foram selecionados 27 alunos para representarem o País no programa Parlamento Juvenil do Mercosul (PMJ) 2016-2018. Beatriz Santana representará o Tocantins com o projeto que tem como objetivo principal favorecer e promover o protagonismo juvenil, abrindo espaço para diálogos e discussões acerca de temas vinculados à educação.

Beatriz Santana, está cursando a  2ª série do ensino médio, no Colégio Estadual João Dias Sobrinho, de Divinópolis, é muito dedicada aos estudos e desenvolve ações como ballet clássico, canto, além de ser uma ativista de causas sociais, na cidade onde vive. Ela é a representante do Tocantins, eleita com 1033 votos com o projeto Responsabilidade e Respeito: Educação formando cidadãos, e representará o Tocantins no Encontro Internacional do Parlamento Juvenil do Mercosul entre os dias 6 e 9 de outubro, em Montevidéu, no Uruguai. 

Os temas do projeto são inclusão educativa, participação cidadã, direitos humanos, diversidade de raça, etnia e gênero, integração regional e trabalho. Todos esses assuntos estarão presentes no tema “O ensino médio que queremos”, no qual os alunos irão elaborar propostas que abordam as necessidades e anseios comuns da juventude dos países do Mercosul.

A estudante agradece o apoio recebido. “Agradeço o apoio de meus pais, da escola e de toda a minha família. Espero trazer benefícios para a escola, para minha cidade e para o Tocantins, pois o projeto foca o envolvimento dos alunos na escola e na sociedade”, comenta.

José Batista de Santana e Jandislea de Jesus Barbosa Dias Santana estão satisfeitos com o desempenho da filha. “O apoio da escola, da Diretoria Regional de Educação de Paraíso e de todos que se empenharam em ajudar a Beatriz foi fundamental”, agradecem.

Neivon Bezerra de Souza, diretor Regional de Educação de Paraíso, enfatizou que o sucesso é fruto de um trabalho coletivo. “Esse é resultado de um conjunto de esforços da Diretoria Regional, da Seduc, dos professores e principalmente da estudante”, comenta.

A titular da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim, destaca a contribuição dos estudantes para que avanços na Educação aconteçam. “A educação existe por causa dos alunos e é de extrema importância que eles opinem sobre a escola que querem. Desejamos boa sorte à representante do Tocantins, uma aluna da rede estadual, e que ela possa desenvolver, ao longo desses dos anos, as ações propostas pelo projeto e que impactem positivamente a vida dos estudantes tocantinenses”, ressalta Wanessa Sechim.

Parlamento Juvenil do Mercosul

O projeto de protagonismo juvenil para estudantes do ensino médio surgiu no setor educacional do Mercosul em 2010. Coordenado pela Assessoria Internacional do Ministério da Educação (MEC), ele busca promover o protagonismo juvenil, de forma a contribuir para a integração regional dos jovens parlamentares. Os eleitos para um mandato de dois anos discutem, aprovam e recomendam a adoção de políticas educativas que promovam a cidadania e uma cultura de paz e respeito à democracia, aos direitos humanos e ao meio ambiente.