Araguaína

Foto: Leila Mel

A Prefeitura de Araguaína, por meio do Instituto de Tecnologia e Desenvolvimento Sustentável, apresentou ao novo delegado regional de Polícia Civil, Bruno Boaventura, o Projeto Araguaína Conectada, que prevê, entre outros investimentos, a instalação de um sistema de videomonitoramento em pontos estratégicos da cidade. A apresentação ocorreu durante reunião realizada na sala de reuniões da Prefeitura, com o presidente do instituto, Tiago Dimas, e o secretário municipal da Administração, Joaquim Quinta Neto.

Na oportunidade, o presidente do instituto solicitou a implantação na cidade de uma Delegacia Especializada em Furtos e Roubos. O delegado regional manifestou apoio à solicitação e informou que levará, nesta quinta-feira, 30, a solicitação ao delegado geral da Polícia Civil e ao diretor de Interior. 

“O que iremos propor é a extinção da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos Automotores (Derfrva) para a implantação da delegacia de furtos e roubos em geral, ampliando o leque de atuação em repressão a esses crimes que lideram o ranking de ocorrências criminais registradas na cidade. É o roubo de celular, o assalto ao comércio, crimes em parte não solucionados ou até não registrados, que causam a sensação de insegurança na sociedade”, explicou Boaventura.

Segundo o delegado, a implantação da nova delegacia é possível, por requerer apenas um remanejamento de pessoal, não implicando ao Estado a necessidade de novas nomeações. O delegado Alexandre Vasconcelos será o indicado para assumir a nova delegacia. “Até o final deste ano é possível viabilizar essa implantação”, ressaltou.

Demanda

Para Tiago Dimas, a repressão aos crimes de furtos e roubos é uma demanda de interesse geral da comunidade e o Instituto de Tecnologia e Desenvolvimento Sustentável está à disposição da delegacia regional para oferecer todo o suporte necessário à implantação da nova delegacia. “A gente entende que, criando essa delegacia, o Município passará a ter uma maior assertividade, uma maior resolução desses crimes e aí sim a cidade terá dado mais um passo para que tenhamos segurança pública”, finalizou.