Estado

Foto: Cláudia Nasser

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO), Roberto Magno Martins Pires e o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, assinaram na manhã desta última quarta-feira, 6, um contrato que prevê a oferta de cursos e oficinas de qualificação, além de orientações educativas por meio de palestras aos beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida no município. O projeto foi aprovado pela Caixa Econômica Federal e é uma das etapas do projeto habitacional, sendo o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), responsável pela qualificação voltada para o mercado de trabalho e o Sesi pelo segmento de cidadania e qualidade de vida.

O objetivo da iniciativa é promover a inclusão social, a melhoria das condições de vida e a efetivação dos direitos sociais dos usuários do Programa. A ideia é que os beneficiários tenham contato com orientações sobre temas como educação ambiental, educação sanitária e educação patrimonial. O acordo tem foco também na organização comunitária proporcionando a fomentação dos processos de liderança, mobilização comunitária e gestão democrática e participativa de modo a fortalecer os laços sociais. 

De acordo com o documento, serão atendidos 3.134 domicílios e 20.905 pessoas dos empreendimentos Vila Azul I e II, Construindo Sonhos e Costa Esmeralda I, II, III e IV. A previsão é que sejam investidos R$ 1.755.642,45 em seis meses de parceria.

O presidente da Fieto, Roberto Pires, ressaltou o valor do Minha Casa Minha Vida e a força de Araguaína que concentra o 2º programa habitacional da região norte. “Esse é um projeto grande e de suma importância, e nós iremos capacitar pessoas para que elas melhorem sua qualidade de vida. A moradia é muito importante, mas é primordial que essas pessoas tenham capacitação para ter acesso a um emprego mais digno para dar sustento às suas famílias”, afirma Pires.

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, comentou sobre a felicidade de realizar esse convênio com as instituições. “Esse convênio vem ao encontro do que a prefeitura tanto zela que é assegurar serviços de qualidade para a comunidade. O Sesi e o Senai têm uma qualidade inquestionável e com certeza trarão ótimos resultados para o Programa e para os beneficiados”, afirma Dimas.

Trabalho Social

O trabalho social que será realizado a partir do acordo, contará com vários instrumentos tais como: plantão social, visitas domiciliares e reuniões para que os beneficiários possam trocar informações e apresentar suas demandas e anseios para atender às reais necessidades da comunidade. Também estarão disponíveis palestras, oficinas e campanhas educativas de cunho informativo e didático, abordando temas que sejam relevantes para as famílias que fazem parte do Programa Minha Casa Minha Vida em Araguaína.