Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Taguatinga, cumpriu na manhã dessa segunda-feira, 18, mandado de prisão preventiva em desfavor de Maria L. de S. da S.. Ela é suspeita pela prática de crimes de tentativa de homicídio e foi capturada mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Conforme o delegado Márcio Duarte Teixeira, responsável pelo caso, a mulher vinha causando pânico por onde passava. Segundo relato das vítimas e testemunhas ouvidas, Maria L. costumeiramente anda pela cidade portanto arma branca, sendo que no dia 8 de dezembro de 2017, a suspeita teria entrado em um bar de Taguatinga, onde iniciou uma discussão com os cantores do estabelecimento.

Em seguida, ela sacou uma faca da cintura e desferiu vários golpes pelas costas de um homem. Na mesma data, uma servidora do Hospital São João Batista registrou boletim de ocorrência contra Maria L., narrando que esta teria ameaçado servidores e uma médica, prejudicando substancialmente o atendimento naquela unidade de saúde.

Posteriormente, no dia 16/12/2017, Maria L. teria desferido golpes de faca contra um casal que estava em um bar da cidade. Diante disso, o delegado Márcio Duarte representou, ainda no dia 16/12, pela prisão preventiva da acusada. Deferido o pedido, no dia 18/12, os policiais civis deram cumprimento à ordem judicial e recolheram a mulher à carceragem da Cadeia Pública de Taguatinga, onde a mesma permanecerá à disposição do Poder Judiciário. 

Por: Redação

Tags: Polícia, Polícia Civil, Taguatinga