Economia

Foto: Reprodução TV Graciosa Agrotins será uma das feiras patrocinadas pelo banco do Tocantins Agrotins será uma das feiras patrocinadas pelo banco do Tocantins

Um total de 119 projetos da Região Amazônica vai receber patrocínio do Banco da Amazônia em 2018. Destes, oito foram selecionados somente no Estado do Tocantins. Os selecionados por meio dos Editais Públicos de Patrocínio 2018 terão atuação nas áreas cultural, social, esportiva, ambiental e feiras e congressos. São mais de R$ 2 milhões que serão aplicados pela Instituição neste ano.

Os projetos escolhidos via Edital de Patrocínios no Tocantins foram: Agrotins 2018 (Exposição), Circulação Espetáculo de Dança no Ciclo Eterno das Mudáveis Coisas de Renata dos Santos Oliveira (cultural); Espetáculo O Decote de Vênus de Inajara da Costa Nunes (cultural); Expoara 2018 (exposição); 20ª Expocolinas (exposição); II Agroalmas do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (exposição).

Pela Chamada Pública de Projetos com Lei Rouanet 2018, os projetos selecionados foram: “A namorada dos 3 porquinhos” de Tatiane Cristina da Silva; e “Revoada do Norte” de George Henrique Silva.

De acordo com o gerente de Imagem e Comunicação, Ewerton Alencar, a Instituição recebeu mais de 880 projetos para o Edital de Patrocínios, para a Chamada Pública da Lei Rouanet e para o Espaço Cultural Banco da Amazônia. Os projetos foram inscritos dentro do período estabelecido e apresentados conforme os critérios dos Editais e passaram por avaliação das equipes técnicas do Banco e de representantes da sociedade civil com notório conhecimento nos temas dos editais.

Todos os projetos serão desenvolvidos em parceria com diversos atores sociais também comprometidos com o desenvolvimento sustentável da região. Os projetos para a realização de feiras e exposições têm suas ações alinhadas com o incentivo ao desenvolvimento do agronegócio regional, ao turismo, ao microempreendedor individual, à indústria e a micro e pequenas empresas.

Os projetos culturais, incentivados ou não por Lei Municipal, são voltados à Literatura, Eventos Culturais, Música, Audiovisual e Artes Cênicas. Já os de cunho esportivo incentivam esportes olímpicos e paralímpicos. Os da área ambiental ou de cunho educativo são sobre sustentabilidade ambiental e os da área social se propõem a ações de promoção à inclusão.

Chamada Pública

A Chamada Pública para a Lei Rouanet 2018 é voltada à seleção de projetos culturais incentivados pela lei federal, com objetivo em contribuir para a melhoria do acesso à cultura regional. Neste edital, o Banco da Amazônia contempla projetos de artes cênicas (teatro, dança, performance, ópera e circo), cinema (mostras e festivais) e música, sendo priorizados àqueles que apresentarem diversidade temática, multiplicidade de linguagens e, principalmente, qualidade artística.

O “Prêmio Banco da Amazônia de Artes Visuais 2018” destina-se à seleção de projetos para exposição no Espaço Cultural do Banco da Amazônia, localizado no Edifício-sede da instituição. O Espaço Cultural, em seus 16 anos de existência, é reconhecido pela classe artística regional e nacional como apoiador de projetos de artistas consagrados, mas também como formador de novas expressões regionais que tem sua arte admirada e reconhecida. O Espaço se mantem firme em seu propósito de mostrar a arte, da Amazônia e para a Amazônia.

Confira a relação completa dos projetos aprovado no site institucional: http://www.bancoamazonia.com.br/index.php/patrocinio