Estado

Foto: Jaqueline Moraes Secretário Glauber de Oliveira destacou as atividades de ressocialização como oportunidade para trilhar novos horizontes Secretário Glauber de Oliveira destacou as atividades de ressocialização como oportunidade para trilhar novos horizontes

Foram iniciadas na manhã de hoje, 22, no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Palmas, as atividades do Projeto Tocantins + Cidadania, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju). Desta vez, o projeto atende durante uma semana as unidades socioeducativas e prisionais de Palmas com ações de promoção da cidadania e dos Direitos Humanos.

Após a solenidade de abertura do projeto, os adolescentes cumpridores de medidas socioeducativas, seus familiares e convidados puderam participar de uma série de atividades como apresentações culturais, com participação do rapper paulista Pastor Cela, seguida de palestras sobre identidade, profissionalização, primeiro emprego e mercado de trabalho por profissionais do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). Já as palestras e as informações sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST´s) foram direcionadas e realizadas por profissionais do Núcleo Acolher, ligado a Seciju. 

O secretário da Seciju, Glauber de Oliveira, reforçou a importância do desenvolvimento de atividades de ressocialização como oportunidade para trilhar novos horizontes. “Todos nós estamos envolvidos em criar meios e oportunizar caminhos diferentes para os jovens cumpridores de medidas socioeducativas e também os reeducandos em contexto de privação de liberdade, pois somos amigos dispostos a ajudar. É importante o envolvimento e a participação nas atividades escolares, esportivas e palestras, e o Tocantins + Cidadania vem reforçar tudo isso”, pontuou.

As atividades da manhã foram encerradas com café da manhã e confraternização entre socioeducandos, servidores, palestrantes e familiares. Já no período da tarde, das 14 às 16 horas, acontecem as Olimpíadas do Case, envolvendo 26 adolescentes da unidade em competições de tênis de mesa, xadrez, dama, corrida e futsal, sendo que esta última modalidade terá a participação de seis jovens da Igreja Universal, parceria da Seciju em algumas atividades de ressocialização desenvolvidas no local.

Agenda

Na terça-feira, 23, pela manhã, o Tocantins + Cidadania será realizado na Unidade de Semiliberdade (USL) masculina, e na parte da tarde no Centro de Internação Provisória (Ceip) masculino. No dia 24, quarta-feira, à tarde, estará na Unidade de Regime Semiaberto (Ursa) feminina, e no dia 25, quinta-feira, pela manhã, na Unidade Prisional Feminina (UPF), e à tarde no Centro de Internação Provisória (Ceip) feminino. A programação nas unidades de pessoas privadas de liberdade encerra na sexta-feira, 26, na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP).

Entre os serviços, são oferecidas palestras sobre higiene bucal, DTS´s, rodas de conversa sobre Contextualização e Protagonismo Juvenil enquanto Direitos Humanos, Inserção no Mercado de Trabalho, Orientação Vocacional, Empregabilidade e Autoestima, cortes de cabelo, aplicação de testes rápidos como Hepatite B e C, Anti-HIV 1 e 2 e Sífilis, aconselhamentos jurídicos e psicológicos pelas profissionais das unidades móveis de atendimentos às mulheres em situação de violência, explicações sobre a Lei Maria da Penha, direitos e deveres das mulheres privadas de liberdade e emissão de documentos.