Polí­tica

Foto: Divulgação

Porto Nacional é o único município do interior do Tocantins que já está conveniado para receber o programa Estação Juventude 2.0, que levará oficinas de Introdução às áreas da Administração, Contabilidade e Marketing, Dança, Teatro e Violão Básico, para a juventude portuense.

De acordo com o presidente da Fundação Municipal da Juventude, Murilo Ferreira, o espaço, para receber o Centro de Referência para a Juventude será uma antiga creche, no setor Novo Planalto, onde atenderá mais 11 setores que compõem aquela região.

“O espaço contará também com uma central de informação e ações externas para jovens com idade entre 15 e 29 anos. Com previsão de atender mais de mil pessoas em 2018, as ações começam a partir de maio. Ao todo, mais de 400 propostas foram enviadas à Secretaria Nacional da Juventude”, explica Murilo Ferreira.

Integral

O presidente da Fundação da Juventude esclarece ainda que, o programa vai de encontro à oferta de atividades que visa proporcionar a essa parcela da população, ações que contribuam com o desenvolvimento físico, psicológico e social, ampliando habilidades que melhorem a qualidade de vida dos jovens.

“Todas as oficinas abordarão teoria e prática, proporcionando conhecimento e técnica, durante 19 meses. Para isso, serão investidos quase R$ 400 mil, recursos oriundos da União e da contrapartida da Prefeitura de Porto Nacional, para a reforma do local”, destaca o presidente.

Avanços

As oficinas e atendimentos oferecidos pela Estação Juventude 2.0 colaborarão com as ações já existentes na atual Fundação, antes, Secretaria Municipal. “Durante os últimos 12 meses, mais de dois mil crianças, jovens e adultos foram beneficiados com as ações realizadas pela pasta”, informa Murilo Ferreira. Durante o primeiro o ano 2017, a equipe articulou parcerias com a do PADU, entre UFT (Universidade Federal do Tocantins), ITPAC (Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos) e IFTO (Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia). Fomentamos o Cursinho Popular investindo até o fim do convenio mais de 54 mil reais.

Todas as atuações são pautadas no Estatuto da Juventude, que ressalta a autonomia e a emancipação dos jovens, promovendo o bem-estar, o desenvolvimento integral e o acesso à cultura, paz, solidariedade e não discriminação. O objetivo é desenvolver a intersetorialidade, incentivando a participação dos jovens na implantação, formulação e avaliação das ações.

Jovens em Porto

Segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 2016, existem em Porto Nacional mais de 19.000 mil jovens com idade entre 15 e 29 anos. Isso representa mais de 36% da população local. Boa parte desses jovens são de baixa renda e que necessitam de apoio para formação.