Polí­tica

Foto: Divulgação Momentos antes de passar mal Eduardo Siqueira havia se pronunciado da tribuna da Casa Momentos antes de passar mal Eduardo Siqueira havia se pronunciado da tribuna da Casa

O deputado estadual Eduardo Siqueira Campos passou mal na tarde desta terça-feira, 27, no plenário da Assembleia Legislativa do Tocantins, poucos minutos após ter feito pronunciamento na tribuna da Casa. O parlamentar foi socorrido pelos colegas e, em seguida, pela equipe do Corpo de Bombeiros. 

Momentos antes o deputado havia utilizado o tempo da liderança do seu bloco para lembrar que amanhã o Tribunal de Contas do Estado (TCE) julgará matéria que diz respeito às câmaras de vereadores e prefeituras de cidades pequenas, quanto à contratação terceirizada para montagem de suas procuradorias.

No momento que Eduardo teve o mal-estar a tribuna era ocupada pelo deputado Paulo Mourão (PT) que fazia seu pronunciamento e o interrompeu. Na sequência o 2º vice-presidente da Casa, Toinho Andrade (PSD), que presidia a sessão encerrou os trabalhos, e, após o atendimento inicial da equipe dos bombeiros o deputado foi levado para o hospital

O presidente da Casa, Mauro Carlesse (PHS) não chegou a presenciar o fato, pois havia saído minutos antes para ir ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), após receber um telefonema informando que lá deveria comparecer para ser comunicado à respeito do trâmite para sua posse como governador interino, em decorrência da cassação do mandato do governador Marcelo Miranda (MDB), que ocorreu na última quinta-feira, 22.

Segundo informações preliminares Eduardo teria tido uma queda de pressão arterial.

Eduardo vem enfrentando problemas de saúde. No ano de 2016 ele teve uma paralisia facial e conta disto teve de fazer fisioterapia e vem tomando remédios por conta de dor que sente em decorrência da inflamação dos nervos da face.