Estado

Foto: Divulgação

Na manhã desta terça-feira, 3, o presidente do Sindicato dos Delegados de polícia Civil do Estado do Tocantins, (Sindepol/TO), Mozart Felix, juntamente com presidente do Sindicato dos Polícias Civis do Tocantins, (Sinpol/TO), Ubiratan Rebello, se reuniram com o novo secretário de Segurança Pública do Estado, o delegado e ex-presidente do Sindepol/TO, Deusiano Amorim para tratar de demandas comuns a todos os servidores da polícia civil, tais como: Progressões atrasadas, continuidade da administração da polícia civil, continuidade do calendário da academia itinerante, entre outros assuntos. 

A Segurança Pública no Tocantins está no caminho certo, afirma o presidente do Sindepol/TO, delegado Mozart Felix, “estamos felizes com o posse de um ex-presidente de Sindicato para exercer a função, pois dessa forma sabemos que será mais fácil a compreensão com relação as demandas dos servidores da Polícia Civill”, afirma Mozart.

Com relação as progressões atrasadas referente ao ano de 2016, Deusiano Amorim se comprometeu a auxiliar os Sindicatos, “vamos trabalhar juntos para buscar o cumprimento dos direitos adquiridos dos servidores” afirma o secretário.

Para o presidente do Sinpol/TO, Ubiratan Rebello, ter um delegado como secretário vai contribuir para o avanço da polícia civil “a convocação dos 334 aprovados no concurso público da Polícia Civil, ampliou o quadro de servidores da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e aumentou o poder de investigação e de resolução de crimes em todo o Tocantins. Dessa forma acreditamos no trabalho do secretário Deusiano para continuar buscando melhorias para a classe”, afirma Ubiratan.