Publieditorial

Foto: Divulgação

O movimento em favor da liberação dos cassinos está avançando e dando sinais de que a legislação que proíbe a jogatina, desde 1946, poderá ser alterada. O tema vem sendo falado há alguns anos e com mais frequência no último ano. Projetos de lei estão sendo debatidos. Os opositores da ideia vêm falando na mídia e na internet, apontando para os perigos sociais e da “loucura” de transformar um vício e um crime em algo com suporte legal. Mas o certo é que os maiores empreendedores turísticos do País estão se preparando para a corrida que vai acontecer no momento em que for dada a bandeirada verde para o jogo. Tem notícias de que em Porto Alegre/RS já estão em construção casas de máquinas caça-níquel que só esperam o dia em que a nova lei chegar.

O último sinal vem também de terras gaúchas, mais precisamente de Gramado/RS. O presidente da Câmara de Vereadores local, Luia Barbacovi, falou à mídia que esteve em visita a Brasília/DF, falou com Rodrigo Maia, presidente da Câmara Federal dos deputados, e também no Conselho Nacional de Turismo. Veio de lá otimista e confiante que em breve a Região das Hortênsias, famosa área turística gaúcha em volta de Gramado e Canela, terá um cassino.

Os efeitos do jogo em Tocantins

É claro que as grandes regiões turísticas do Brasil serão aquelas que estão pressionando mais para a liberação da jogatina, como o Sul e o Sudeste, e será aí que vão nascer os grandes estabelecimentos de jogo integrados em resorts turísticos. Mas uma lei equilibrada não deixará de dar a todos os estados as mesmas possibilidades, e por isso o Tocantins deverá ter a possibilidade de ter pelo menos um estabelecimento. Mais fácil será, certamente, ter pelo menos uma boa casa de bingo devidamente legalizada em Palmas.

Será que vai atrair turismo de outros estados, ou servirá apenas para cobrar receita da jogatina local?

E se Tocantins não tiver um cassino, ou se não for liberado?

Para azar de quem defende a proibição, isso não vai limitar em nada as possibilidades que já existem. Basta fazer uma busca no Google por cassino online Brasil e rapidamente se encontram imensas opções para jogar na roleta, em máquinas caça-níquel virtuais ou até vídeo pôquer, e ganhar prêmios de verdade. Os cassinos online são uma indústria em crescimento por todo o mundo e o usuário brasileiro não comete qualquer crime pelo fato de acessar e jogar. Se não quiser se arriscar em um estabelecimento clandestino ou se Palmas não assistir o nascimento de uma casa de jogos tão cedo, essa continuará sendo uma opção fácil.

Por: Alex Larsens

Tags: Cassino, Cassinos Online, Jogos Online, Lobby, Patrocinado