Patrocinado

Muitas pessoas possuem um certo “ódio” de Matemática, e isso acontece por diferentes motivos. Algumas pessoas não tiveram professores que apresentavam a disciplina com boa didática e assim criaram um certo bloqueio, ou o santo não bate mesmo e a pessoa não consegue gostar dela. Aí, realmente, não adianta.

Mesmo que você nunca tenha usado a fórmula de Bhaskara, a Matemática está presente em quase tudo e o uso dela é essencial em diversas ocasiões do nosso dia a dia.

Algumas profissões exigem um conhecimento avançado na área de exatas, e muita gente até passa mal de pensar em usar logaritmo no cotidiano!

Já outras profissões, na contramão, usam bem pouco ou nada de Matemática. Quer conhecer algumas profissões ideais para quem não curte matemática? Vem ver!

Psicologia

O mercado de trabalho para psicólogos vem ganhando uma enorme proporção em diversos segmentos de negócios, seja no setor público ou privado. São possibilidades de trabalhar em clínicas, consultórios, postos de saúde, hospitais, centros de reabilitação, instituições de ensino e centros de pesquisas.

Comunicação Social

Para os profissionais de comunicação existem diversas posições que podem trazer muito prestígio, como nos casos de publicitários, jornalistas, relações públicas, repórteres de rádio e tv, assessores de imprensa e muitas funções relacionado a marketing.

Direito

O bacharel em Direito pode atuar em diferentes profissões, tanto no setor público quanto no privado. Algumas funções comuns são advogado, promotor, procurador público, delegado e diplomata.

Serviço Social

Com programas governamentais relacionados à erradicação da pobreza no Brasil e o crescimento da atuação de indústrias na sociedade, o impacto no mercado de trabalho para profissionais de Serviço Social está sendo positivo e está gerando muitas oportunidades no país. As principais funções são economista doméstico e assistente social.

Pedagogia

O mercado de Pedagogia sempre se manteve muito aquecido, tanto na esfera pública quanto no mercado privado. É importante destacar que a carreira se divide em dois segmentos de atuação, magistério e administrativo. Desta maneira, o profissional pode tanto coordenar e gerenciar o sistema de ensino quanto orientar corpo docente e alunos.

Dica: é sempre bom buscar informações sobre a grade curricular de cada disciplina, a fim de ter visão de quais conteúdos você vai enfrentar. É bem provável que os temas variem de uma universidade para outra e possam incluir algumas matérias envolvendo exatas.

Ainda não sabe o que você quer cursar?

Escolher qual carreira seguir realmente não é uma tarefa muito fácil. Para dar uma força nessa questão, o Quero Bolsa desenvolveu um teste vocacional que já ajudou mais de 500 mil pessoas em todo o Brasil a entenderem quais cursos mais combinam com seus gostos e preferências. É de graça!

Por: Redação

Tags: Patrocinado, Quero Bolsa