Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Ciência & Tecnologia

Foto: Arquivo/Fapt

Considerado como o principal suporte do setor agropecuário do Estado, a obra do Laboratório de Referência Animal de Araguaína (Lara) foi retomada por meio da Assinatura da Ordem de Serviço que favorece a conclusão até julho de 2020. O empreendimento está sendo desenvolvido pela Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapt) com verba dos governos federal e estadual a fim de atender as demandas de pesquisa e apoio aos programas do governo com a realização de 18 exames e sorologias.

O laboratório vai favorecer a logística do produtor rural, que atualmente realiza os exames em outros estados vizinhos. Para o presidente da Cooperativa de Produtores Rurais do Vale do Araguaia – (Vallecoop), Antônio Ventura, o Lara está situado em local estratégico onde se concentra grande parte dos produtores rurais do Tocantins. “Estamos com muita expectativa para a conclusão e funcionamento do laboratório, pois possibilitará mais agilidade nas operações do produtor rural”, explicou.

Segundo o autor do estudo e coordenador do laboratório, professor doutor em Ciências Veterinárias que atualmente atua na Unitins, Cláudio Clemente, o Lara, vai trazer um impacto tecnológico ao Estado, além do desenvolvimento de produtos e processos voltados para a produção animal. “O empreendimento favorecerá a geração e incorporação de conhecimentos científicos e tecnologias voltados para as necessidades do setor. Além de orientar e reorientar políticas públicas no que se refere à sanidade animal e qualidade dos produtos de origem animal”, explicou.

Recursos

O Laboratório de Referência Animal de Araguaína (Lara) conta com apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) com contrapartida do governo do Estado, um investimento que totaliza  R$ 1,9 milhão. Sendo que deste valor, foram destinados R$ 1,2 milhão para a construção do laboratório e R$ 700 mil para a finalização da compra de equipamentos.  Recentemente foram disponibilizados R$ 563 mil reais para a conclusão da obra que conta com 405 m² de área construída a qual está situada num espaço de 2.068 m².

Exames

O laboratório vai trazer custo benefício na realização de 18 exames como: Exame de Brucelose, Raiva, Febre Aftosa, Mormo, Tuberculose, Diarreia Bovina a Vírus (BVD), Leptospirose, Anemia Infecciosas Equina, Toxoplasmose, Mastite, Realização de antibiogramas, Rinotraqueite Infecciosa Bovina (IBR) Leucose, Exame de Clostridioses, Artrite Encefalite Caprina a Vírus (CAEV), Maedi-Visna, Andrológico e bromatoógicos.