Economia

A Seagro – Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento aposta no desenvolvimento da agroenergia no Estado. Apesar do número de empreendimentos ligados ao etanol ainda ser pequeno, muitos empresários já sinalizaram o interesse de investir em biocombustíveis no Tocantins.

O coordenador de Agroenergia da Seagro, Luís Vieira, tem conduzido grupos de investidores aos locais propícios ao plantio de cana. Segundo Vieira, a região de Pedro Afonso apresenta-se como a mais apropriada para o segmento, especialmente por possuir solos corrigidos, disponibilidade de canais de irrigação, presença de água próximo às lavouras e galpões para armazenamento. Ainda de acordo com Vieira, um outro ponto positivo da localidade é o fator ambiental. Os 45,5 mil hectares disponíveis estão prontos para o plantio. "Os produtores poderão utilizar as áreas de campo sem a necessidade de derrubar uma única árvore", explica.

Atualmente, no Tocantins existem três regiões produtoras de cana-de-açúcar, uma usina em funcionamento e duas prestes a serem implantadas. Segundo o gerente agrícola da Tocantins Açúcar e Álcool, Antônio Neto, a empresa este ano vai colher 220 mil toneladas de cana. O etanol produzido será comercializado em todo o Tocantins, Maranhão, Distrito Federal e Bahia. Cerca de 1,2 mil pessoas da região de Arraias serão contratadas para trabalhar na lavoura e no processamento da cultivar.

Aguardando a autorização oficial para o início das obras, a Brasil Bioenergética é dos empreendimentos que somará com o crescimento da agroenergia no Tocantins. De acordo com o sócio-proprietário, Calomberto Alves do Nascimento, a proposta da empresa é começar a primeira moagem em maio do próximo ano e, até esta data, o grupo pretende plantar 1,3 mil hectares de cana. Nascimento acredita que a logística de escoamento é um fator que fortalecerá a comercialização. "A Ferrovia Norte-Sul vai viabilizar a exportação de etanol para outros estados", ressaltou.

Por: Redação

Tags: Economia, Pecuária, Tocantins, arraias, campo, ferrovia, usina