Polí­tica

Confira a integra da nota enviada ao Conexão Tocantins, na qual professor Elisio Gonçalves, ex-candidato ao governo do Tocantins pelo PSOL, pede desculpas pelas palavras colocadas. Mais à abaixo confira a nota enviada a imprensa que motivou nosso editorial (Clique aqui para ler) .

 

Desculpas fraternas e acaloradas.

Olá, Umberto, espero que esteja em PAZ. Ponderei bastante as suas palavras, muito obrigado por as suas colocações e, porque não dizer colaboração. Fico bastante agradecido. Quero de fato neste momento reiterar as minhas palavras, retirar as palavras proferidas por mim em referência a "Antônio Carlos Magalhães" ocorrida em dias próximos. Palavras estas que foram ditas por um cidadão que ainda tem vivo no seu interior os sofrimentos causados pela fome, que assola o sertão baiano, que é minha origem, e não um militante de partido, no entanto, não cabe neste momento tão desastrosa colocação, em se referindo a um sr. pai, avô, esposo, que deixou esta vida para sempre.

Sabe-se que a ponderação, a crença em Deus , nos enaltece e, nos faz grande e, com fé para que possamos ouvir todos de forma imparcial , nos orientar a proferir palavras que confortem o coração das partes que mais sofrem.

Quero reafirmar meus pedidos de desculpas a todos os tocantinenses e brasileiros.

Elisio Lopes Gonçalves

Secretário do PSOL envia condolências, mas tece críticas a ACM e a políticos do Tocantins

20/07/2007 18:35:46

 

Nota à imprensa

Jamais a minha criação, os meus princípios religiosos e outros conhecimentos de vida, poderiam credenciar-me a vontade de ver alguém morto, ou tirar a vida de vidas. No entanto, reflete a verdade vergonhosa, de nossos gestores os quais nós não iremos cansar de dizer que são usurpadores da coisa pública, detentores do poder do mal, que estão no comando.

Clareza desta confirmação, são as notas emitidas por alguns de nossos malfeitores aqui do cerrado, como se fossem donos de suas palavras (as palavras deles são orientadas por advogados e carpideiras), emitem notas dizendo que houve uma grande perda para o Brasil, outro diz que o povo brasileiro sentirá a sua falta, que a política nacional está mais vazia, outros dizem que ACM (Toninho Malvadeza), foi um grande líder, não só da Bahia (lá ele agiu como terrorista, disseminador da fome, da miséria, da prostituição, da perseguição e outras malvadezas), como também para o Brasil.

Temos que concordar com estes(as) políticos(as) que falam isto, pois "Toninho Malvadeza" com certeza deve ter feito vários favores a estes senhores(as), acobertando assim seus rolos, arquivando processos e dando vantagens aos mesmos.

O Brasil passa por uma profunda mudança e nós, brasileiros, de forma especial tocantinenses, não podemos nos calar.

"Deus" precisando de ter pessoas boas lá no ceú, para ajudar-lhe na difícil tarefa da paz, da honestidade, da perseverança, levou recetemente em torno de 200 pessoas, no mais grave acidente aéreo brasileiro, provocado atamente por irresponsabilidade política, porque ali, os que estavam, eram gente de povo, que não introduzia o mal em ninguém, demonstrado pelos sentimentos ali contidos.

Aí vem o "capeta", sabiamente precisando de reforço para continuar as suas maldades no inferno, e leva ACM.

No entanto, quero deixar as minhas condolências aos familiares, que, neste momento de dor, possam fazer reflexões e que Deus ilumine seus sucessores para que não causem o mesmo mal que ACM causou.

Espero que o governador do nosso Estado , o senador e a deputada, tenham mais um pouco de lucidez no que dizem, pois as suas afirmações são de pessoas de total desinformação, destes que não lêem nada ou fazem-se de desinformados para continuar se dando bem.

Elisio Lopes Gonçalves

Secretário do PSOL no Tocantins

Por: Redação

Tags: ACM, Política, Professor Elisio, PSOL-TO