Palmas

Em uma parceria do MEC - Ministério da Educação com a Seduc - Secretaria da Educação e Cultura, 911 alunos do Colégio Estadual Dom Alano, localizado em Palmas, receberão nesta sexta-feira, 31, às 19h, os laptops do Projeto UCA - Um Computador por Aluno. Na ocasião, a coordenação estadual do projeto vai explicar à comunidade escolar a aplicação e o funcionamento do UCA na unidade de ensino. A secretária da Educação e Cultura, Maria Auxiliadora Seabra Rezende, além de parceiros do projeto participam da cerimônia de entrega dos laptops.

A unidade escolar de Palmas foi uma das cinco escolhidas em todo território nacional para receber o projeto-piloto. Para esta escola, o projeto disponibilizou 400 computares portáteis que vão atender os alunos e professores dos três turnos oferecidos na grade de ensino. Os equipamentos serão utilizados para proporcionar inclusão digital na escola, além de servir como mais uma ferramenta para o aprendizado do aluno.

No Tocantins o projeto conta com parceiros como Intel do Brasil, Metasys Tecnologia, Serpro - Serviço Federal de Processamento de Dados, Positivo Informática, PUC de São Paulo, Brite Tecnologia, Brasil Telecom e RFS do Brasil Telecomunicações.

UCA

A iniciativa prevê a promoção da inclusão digital através da distribuição de computadores portáteis em escolas públicas, para estudantes e professores de ensino básico da rede pública. O projeto está sendo implementado em cinco escolas de quatro estados brasileiros (Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins) e do Distrito Federal, segundo informação da assessoria de imprensa do Ministério da Educação.

Funcionamento

Segundo o MEC, o projeto piloto vai avaliar a funcionalidade pedagógica da máquina em sala de aula, como capacitação de professores, condições de uso, interatividade entre os alunos e segurança dos aparelhos na escola. O Ministério vai distribuir 2.840 máquinas doadas pelas empresas fabricantes. Três modelos de computadores farão parte do projeto-piloto, mas cada escola vai receber apenas um tipo: Classmate da Intel, XO da OLPC ou Mobilis da Encore. A previsão é de que o projeto-piloto termine no fim do ano letivo.

 

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Educação, Escolas, Laptops, Oi, Palmas, Seduc, Serpro, Tocantins