Palmas

"Uma vitória da comunidade, que não poupou esforço para preservar o meio ambiente em nossa quadra", disse o líder comunitário, José Antônio Mendes, ao saber na tarde desta quinta-feira, 13, que a quadra 603 Norte, ficou em 1º lugar no Concurso Quadra Verde. Com a conquista os moradores da 603 Norte receberão para o próximo ano, da Prefeitura, como incentivo para continuar colaborando com a administração na preservação do meio ambiente, a isenção de 100% do Imposto Predial e territorial Urbano (IPTU). Já as quadras 704 Norte e 904 Sul, classificadas em 2º e 3º lugar, também receberão o desconto de 70% e 50%, respectivamente.

O prefeito Raul Filho entregou a premiação aos moradores das quadras vencedoras, e destacou o compromisso da gestão em promover desenvolvimento econômico, mas com sustentabilidade ambiental, "ao final da nossa gestão teremos plantado mais de um milhão de mudas, buscando garantir qualidade ambiental e de vida na cidade," afirma.

Para o secretário de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Sadi Cassol, o concurso conseguiu envolver a população e o poder público em defesa do meio ambiente, "trabalhamos a educação ambiental que envolveu não somente o plantio de árvores, mais também enfoca a limpeza e organização do espaço".

Raul premiou também os moradores da 303 Norte, 307 Norte, 403 Norte, que ficaram em 4º, 5º e 6º lugar, respectivamente, com um kit de jardinagem que ficará à disposição dos moradores nas sedes das associações das quadras.

Concurso Quadra Verde

O certame foi lançado em junho deste ano durante a realização da II Semana do Meio Ambiente, e concorreram as premiações as quadras: 603N, 704S, 904S, 303N, 307N, 403N, 106N, 605N, 607N.

Durante todo o concurso, as quadras foram avaliadas por uma banca julgadora, composta por representantes do IBAMA, Naturatins, ULBRA, Fórum das Ong’s Ambientais do Tocantins e a Associação de Recuperação da Bacia do Taquaruçu.

A seleção teve como critérios à arborização existente e a executada pelos moradores, situação do patrimônio público das áreas verdes e áreas públicas municipais, limpeza de lotes vazios e participação da comunidade nas palestras de Educação Ambiental, entre outros.

Gleidy Braga

Ascop

Por: Redação

Tags: Meio Ambiente, Palmas, Raul Filho, Tocantins