Campo

Foto: Divulgação

Trinta e cinco bovinos, encontrados de forma irregular próximo a cidade de Centenário, a 322 km de Palmas, Nordeste do Tocantins, foram mortos e enterrados na tarde desta quinta-feira, 10, naquele município. O abate, conhecido tecnicamente como rifle sanitário, foi coordenado pela Adapec - Agência de Defesa Agropecuária e contou com a participação da Polícia Militar, Dertins – Derpatamento de Estradas de Rodagem - e Naturatins - Instituto Natureza do Tocantins. A ação visa resguardar a sanidade do rebanho tocantinense, que está há dez anos livre de febre aftosa.

Segundo a diretora de Defesa, Sanidade e Inspeção Animal da Adapec, Márcia Helena da Fonseca, a suspeita é que os animais vinham da zona tampão, região que faz divisa com locais com status sanitário inferior ao do Tocantins. "Quando é assim, os animais devem ficar em quarentena na origem e no destino, além de passar por várias avaliações sorológicas", explica.

Os animais vinham sendo tocados na estrada por vaqueiros com destino a uma chácara daquele município e foram encontrados pelos fiscais após a averiguação de uma denúncia anônima. O proprietário da chácara foi autuado em R$ 1.659,80 e a propriedade ficará interditada por 15 dias, período em que os demais animais da fazenda serão acompanhados clinicamente pelos técnicos da Adapec. O sacrifício não é indenizado.

De acordo com o presidente da Agência, Humberto Camêlo, com o abate dos animais irregulares, o Tocantins afasta mais uma vez o risco de contaminação de todo o rebanho do Estado. "Qualquer um pode denunciar e não precisa se identificar. Todos somos responsáveis pela sanidade do nosso rebanho, resguardando também nossa economia", disse.

Denúncia

O telefone para denúncias de possíveis irregularidades é 0800 63 11 22. Todas as acusações serão averiguadas.

Lei

A medida é amparada pela Portaria nº 582-A/00 e pela Instrução Normativa nº. 082/2003, do Ministério da Agricultura. As portarias estaduais nº. 1082/99, nº 074/00 e Decreto Estadual nº. 860/99 também resguardam o sacrifício dos animais transportados de forma irregular e que coloquem em risco a sanidade do rebanho.

Andressa Figueiredo

Secom

Por: Redação

Tags: Adapec, Pecuária, campo