Geral

A facilidade em obter financiamento garantiu a venda recorde de 2,342 milhões de carros e utilitários no ano passado. Prazos mais longos - e, conseqüentemente, parcelas mais baixas - fizeram com que mais pessoas tivessem acesso ao crédito. Contudo, é preciso lembrar que, além do gasto com a parcela do empréstimo, é necessário colocar no orçamento despesas de manutenção, que em um modelo popular chegam a R$ 700 por mês.

A estimativa leva em consideração gastos com combustível, tributos, estacionamentos, entre outros, de um auto com preço médio de R$ 25 mil.

Combustível

Dirigir um auto remete, automaticamente, à necessidade de abastecê-lo. Tendo em vista que praticamente 90% dos modelos produzidos no Brasil, segundo a Anfavea (Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores), são do tipo flex, o combustível utilizado para o exemplo é o álcool - exatamente por ser mais vantajoso em relação à gasolina na maioria dos estados brasileiros.

De acordo com a ANP (Agência Nacional de Petróleo), o preço médio do litro, na média nacional, estava em R$ 1,584 na primeira quinzena de janeiro. Levando em consideração que um motor consome um litro a cada sete quilômetros rodados, mil quilômetros por mês representam um gasto de quase R$ 230.

Seguro, impostos e outras despesas

Além disso, é necessário pensar na contratação do seguro, estimado em 3% do valor do carro, e no pagamento do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), de 4%. Com estacionamento, foi estipulada uma despesa de R$ 150, outros R$ 50 para lavagem e mais R$ 100, para o caso de uma eventual manutenção.

Por fim, o licenciamento e o seguro obrigatório, o Dpvat, não devem ser desconsiderados: representam, juntos, um gasto anual de R$ 135 para o estado de São Paulo, o que, diluído ao longo do ano, representa R$ 11,25 ao mês.

Desembolso total

Todas essas despesas representam quase R$ 700 por mês, ou mais de R$ 8 mil por ano. A tabela abaixo resume os gastos:

Item                                                  No ano                   No mês

Seguro                                             R$ 750                  R$ 62,50

IPVA                                                 R$ 1 mil                 R$ 83,40

Álcool                                              R$ 2.760                R$ 230

Estacionamento                           R$ 1,8 mil              R$ 150

Lavagem                                        R$ 600                   R$ 50

Dpvat e licenciamento                R$ 135                    R$ 11,25

Manutenção                                  R$ 1,2 mil              R$ 100

Total                                               R$ 8.245                 R$ 687

 

Apenas a parcela

Pesquisa da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças) mostrou que, entre outubro e dezembro do ano passado, a média de prazo utilizado para o financiamento de um carro foi de 42 meses.

Supondo que o modelo seja um popular, com preço em torno de R$ 25 mil, e considerando um juro médio mensal de 2%, a parcela representará quase R$ 890. Pelo período de 99 meses, como chega a ser oferecido pelo mercado, o pagamento mensal fica em cerca de R$ 580.

Fonte: InfoMoney

Por: Redação

Tags: Dpvat, Financiamento, Veículos