Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Acionada para atender uma denúncia anônima sobre pesca predatória, a equipe de fiscalização da Unidade Regional do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins de Lagoa da Confusão, apreendeu na manhã desta quinta-feira, 17, no lago da Fazenda “Campo Grande”, no próprio município, 500 quilos de pescado.

Além de proibida a pesca durante o período de reprodução dos peixes (Piracema), o infrator cometeu outro crime ambiental, a pesca de pirosca, espécie ameaçada de extinção e com a pesca proibida por lei no Estado.

Durante a ação o infrator fugiu do local, deixando somente os peixes e alguns materiais predatórios. Já o pescado apreendido foi doado para a comunidade local.

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Bacalhau de água doce, Meio Ambiente