Geral

Foto: Divulgação

A implantação de chips de identificação nos veículos de todo o País deverá atrasar, de acordo com a assessoria de imprensa do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). O órgão argumenta que é preciso fazer mais estudos para definir um chip único e determinar uma tecnologia ideal.

Ainda não existe uma definição para data de implantação. O prazo previsto era para maio deste ano, contudo, o cronograma do Siniav (Sistema Nacional de Identificação de Veículos) deverá ser alterado para junho ou julho.

Objetivo

O chip, que permitirá localizar carros roubados, fiscalizar infrações de trânsito, monitorar o tráfego e cobrar pedágio, será instalado no pára-brisa dos veículos na hora do licenciamento.

No prazo de cinco anos, nenhum automóvel poderá ser licenciado nem circular sem estar equipado com a placa eletrônica. Quem descumprir isso cometerá infração grave, sujeitando-se a multa de R$ 127,69, cinco pontos na carteira de habilitação e retenção do veículo para regularização.

Fonte: InfoMoney

Por: redação

Tags: Chip, Denatran, Refid