Economia

Foto: Divulgação

O número de investidores pessoa física do Tocantins na Bolsa de São Paulo (Bovespa) cresceu 140% de fevereiro de 2007 para fevereiro de 2008. No País, a alta foi de 100,36%. O estado foi proporcionalmente o segundo que mais aplicou.

Em primeiro lugar nas aplicações vem o Ceará que ampliou seus investidores pessoa física em 158%, entre fevereiro deste ano e o de 2007, pulando de 1.605 para 4.141 investidores.

De acordo com dados da Bovespa, o segundo mês do ano fechou com 469.791 investidores, com a maioria (46,37%) concentrada no estado de São Paulo. Um ano antes, esse número era de 234.470.

Além destes dois, os estados que mais aumentaram o número de investidores na bolsa foram Mato Grosso do Sul com 133,84% de expansão, depois Sergipe (133,68%), Alagoas (132,35%), Paraíba (131,30%) e Mato Grosso (131,13%).

Para o presidente do Instituto Brasileiro de Executivos em Finanças (Ibef), Sérgio Melo, o atrativo para investimentos no mercado de capitais deve-se a um conjunto de fatores. “Primeiro, a Bovespa tem trabalhado na sua divulgação a fim de inserir pessoas físicas”, pontua. “Segundo, o crescimento no movimento de investimentos na bolsa tem resultado em significativos rendimentos, se comparado a outras opções que o mercado oferece”.

Em terceiro lugar, Melo aponta o trabalho de corretoras de valores com formação de clubes de investimento. Por último, ele cita o aumento da quantidade de fundos de investimentos em ações. “Os fundos dividem o risco e a pessoa tem a sensação de estar protegido”, explica o executivo.

Outra análise mostra que o número de investidores homens cresceu 93,89%, e o de mulheres, 123,78%.

Da redação com informações Diário do Nordeste

Por: redação

Tags: Economia