Palmas

Nesta quinta-feira, 26, 85 famílias que vivem em condições precárias de moradia recebem a casa própria da Prefeitura de Palmas, em mais uma entrega do Programa Cidade Solidária. O evento será realizado às 8h30, no loteamento Lago Sul. Com esta entrega, já são 248 residências entregues pelo Programa, que beneficiará, no total, 600 famílias.

O Cidade Solidária atende famílias que ocupam irregularmente áreas verdes ou áreas públicas municipais, ou que vivem em condições precárias de moradia. Além das 600 famílias, o Programa também contempla toda a população de Palmas, uma vez que as áreas ocupadas serão recuperadas e destinadas à instalação de equipamentos públicos, como praças, postos de saúde e escolas.

O Programa, que tem recursos do Ministério das Cidades, com contrapartida da Prefeitura, tem como objetivo a urbanização, prevenção de riscos e a regularização de assentamentos humanos precários, procurando atender as necessidades básicas da população e a melhoria na sua condição de moradia e inclusão social.

As obras estão sendo edificadas no Loteamento Lago Sul, sendo de responsabilidade do Governo do Estado a implantação da infra-estrutura (por meio de convênio com o Governo Federal). Além das 600 residências e de toda a infra-estrutura da quadra, o Cidade Solidária terá ainda um centro comunitário e um centro de educação infantil. O Programa conta ainda com casas adaptadas para deficientes físicos.

Por meio do Cidade Solidária, a Prefeitura realizou o cadastramento das famílias que vivem em ocupações de terrenos públicos, em especial APM´s e Áreas Verdes. À partir do cadastro, é realizado um controle das novas ocupações, com o intuito de impedir o crescimento das áreas ocupadas irregularmente no município. As famílias cadastradas passaram por uma triagem e acompanhamento social, para então terem direito a uma moradia popular.

Fonte: Ascop

Por: Redação

Tags: Lago sul, Palmas