Polí­tica

A Comissão Executiva Nacional do Democratas emitiu nota à imprensa nesta quinta-feira, 17, sobre as recentes informações divulgadas pelo jornal Folha de S. Paulo, que dão conta que a senadora Kátia Abreu teria recebido 2 milhões de propina da empresa OAS para propor uma emenda à Medida Provisória que beneficiaria a empresa.

A Comissão Executiva informa na nota, que a senadora Kátia Abreu (TO) e o senador Heráclito Fortes (PI) “são citados de forma indevida e caluniosa em conversas de terceiros”.

Ainda segundo a nota em vez de divulgar ilações falsas, caluniosas e totalmente improcedentes a respeito dos Democratas, setores da Polícia Federal que “trocaram o profissionalismo pela política partidária”, deveriam investigar com seriedade o tráfico de influência.

Confira a nota

 

DEMOCRATAS - NOTA À IMPRENSA

Depois de avaliar notícias sobre supostas transcrições de conversas de terceiros que constariam de grampos telefônicos da Polícia Federal, a Comissão Executiva do Democratas vem a público apresentar as seguintes considerações:

1) a senadora Kátia Abreu (TO) e o senador Heráclito Fortes (PI) são citados de forma indevida e caluniosa em conversas de terceiros que tiveram interesses contrariados pelo Democratas, Partido que defende a livre iniciativa, a livre concorrência e condena os cartéis e monopólios;

2) os dois senadores apoiaram o fim da limitação de movimentos de cargas nos portos privados porque esta foi a decisão consensual do comando partidário e dos 14 integrantes da bancada do Senado. Ao lutar de forma transparente pela abertura dos portos, o Democratas cumpre, mais uma vez, o compromisso de atender interesses legítimos do setor produtivo brasileiro;

3) em vez de divulgar ilações falsas, caluniosas e totalmente improcedentes a respeito de representantes da Oposição, setores da Polícia Federal que trocaram o profissionalismo pela política partidária, deveriam investigar com seriedade o tráfico de influência que vem sendo realizado desde o malfadado mensalão, em quase todas as instâncias do Poder Executivo.

Brasília, 17 de julho de 2008

Rodrigo Maia

Presidente Nacional do Democratas

Por: Redação

Tags: dem, OAS, Oposição, Política, Propina, Senado