Campo

Mais cinco assentamentos da reforma agrária serão criados no Tocantins para assegurar a 231 famílias de trabalhadores rurais o acesso a terra.

As portarias de criação destes projetos foram publicadas na edição da terça-feira, 26, do Diário Oficial da União (DOU). Os novos assentamentos estão localizados nos municípios de Araguaçu, Cristalândia, Riachinho e São Bento, em imóveis rurais desapropriados por não cumprirem sua função social.

A partir do dia 30 de agosto, o Incra inicia o cadastramento de famílias candidatas ao programa de reforma agrária nos municípios de Cristalândia e Riachinho para o preenchimento de vagas. Em Araguaçu e São Bento já foram cadastradas famílias junto aos sindicatos de trabalhadores rurais e acampamentos.

Para o superintendente regional substituto do Incra no Tocantins, Edvaldo Soares de Oliveira, a criação dos novos projetos representa um importante avanço na implementação da reforma agrária no estado, pois garante a inclusão social de famílias que não tinham terra própria para trabalhar ou viviam em acampamentos.

Oliveira lembra que os assentados recebem créditos no valor de R$ 11.800,00 por família para garantir a segurança alimentar, o início das atividades produtivas e a construção de casas após a criação do assentamento. Nesses novos projetos o investimento será de mais de R$ 2,5 milhões.

 

 

Município

Assentamento

Área

Capacidade

Araguaçu

Pontal das Estrelas V

628 hectares

12 famílias

Cristalândia

São Francisco de Assis

2.295 hectares

63 famílias

Cristalândia

Virgínia

1.711 hectares

26 famílias

Riachinho

Canoa

6.493 hectares

104 famílias

São Bento

Maju

1.081 hectares

26 famílias

Total  

12.208 hectares

231 famílias

 

Fonte: Jornal Atitude Online

Por: Redação

Tags: Araguaçu, Assentamentos, Incra, campo