Meio Ambiente

Atendendo denúncias feitas pela comunidade, o Naturatins - Instituto Natureza do Tocantins por meio do PEC-Parque Estadual do Cantão, realizou na terça-feira, 30, mais uma ação de salvamento de peixes, referente ao projeto peixe vivo.

O resgate culminou no salvamento de 1000 peixes, de diversas espécies como: cari, traíra, iu, dentre outros, alcançando aproximadamente 1000 peixes e um montante de 300 kg. Os peixes foram levados até o Rio Caiapó para soltura, devido o maior volume de água do manancial.

Participaram da ação guarda-parque e brigadistas do Cantão. A operação aconteceu devido à baixa vazão de água no lago e a insuficiência de oxigênio, devido à grande concentração de peixes.

Balanço

Iniciadas deste o mês de setembro, as operações de resgate do projeto "Peixe Vivo" em 2008, já resgatou 1.075 espécies, a operação já foi realizada nos municípios de Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão, e no PEC-Parque Estadual do Cantão.

Já em 2007 a Operação Peixe Vivo resultou no salvamento de 6.028 peixes jovens e adultos que estavam fadados a morte, dentre eles, tucunaré, pirosca, cará, piau, traíra, pacu, piranha, cari, cará-pirosca, corró, lampreia, além do resgate de três botos-cinza na região de Formoso do Araguaia.

A operação foi realizada nos municípios de Lagoa da Confusão, Formoso do Araguaia, Arapoema, Araguacema, Sandolândia e Figueirópolis.

 

Fonte: Assessoria de imprensa Naturatins

Por: Redação

Tags: Meio Ambiente, Naturatins, Peixe