Economia

A crise econômica não está mexendo com o otimismo dos brasileiros, segundo indicou pesquisa do Datafolha, que mostra que 60% das pessoas acreditam que a situação econômica pessoal irá melhorar no ano que vem. Apenas 8% acreditam que haverá piora e 30%, que permanecerá como está. Em março deste ano, esses percentuais eram de 53%, 11% e 33%, respectivamente.

Entre os moradores da região Norte/Centro-Oeste, 68% acreditam que a situação irá melhorar, percentual que é de 67% na região Nordeste. As pessoas com idades entre 25 e 34 anos também são as mais otimistas, com 65% delas acreditando que a situação ficará melhor em 2009. Esse índice é de 64% entre aqueles que com renda de até dois salários mínimos.

Situação do Brasil

Em relação à situação econômica do País, 39% prevêem uma melhora para a economia nacional, 36% acreditam que ela permanecerá igual e 20%, que haverá piora. Isso mostra que, mesmo com a crise, o brasileiro está mais otimista que em março, quando esses percentuais eram de 34%, 41% e 20%.

No maior pólo econômico do Brasil, São Paulo, 28% das pessoas acreditam que a situação irá piorar. O índice é de 30% entre aqueles que possuem Ensino Superior e de 32% entre os que possuem maior renda.

Vida Pessoal

Considerando a vida pessoal, o otimismo é maior: 78% das pessoas acreditam que haverá melhora no próximo ano. Somente 3% acreditam que ela irá piorar e 14%, que permanecerá igual.

Em relação à pesquisa anterior, feita em 2004, pouca coisa mudou. Nessa época, 79% dos entrevistados acreditavam que a vida pessoal iria melhorar em 2005, 12% que iria continuar a mesma e 3%, igual.

Considerando a vida do País, as pessoas também estão otimistas: 65% afirmam que irá melhorar, 22%, que permanecerá igual e 8% acham que a situação irá piorar. Porém, o otimismo é menor do que o registrado em 2005, quando as taxas eram de 71%, 16% e 6%, respectivamente.

Melhoras

Avaliando a vida que tinham em 2007 e em 2008, 59% dos brasileiros afirmaram que a vida melhorou neste ano. Para 29%, permaneceu da mesma maneira, enquanto 12% acreditam que ela piorou de um período para outro.

Pensando na vida do País, 52% acham que ela melhorou em 2008, 31% responderam que ela continua da mesma forma e 14% afirmam que piorou. Na pesquisa de 2004, esses percentuais foram de 44%, 32% e 19%.

 

Fonte: InfoMoney