Campo

A formação de um grupo permanente para auxiliar os estados na execução do serviço de defesa sanitária. Esta foi uma das ações definidas durante o Fonesa – Fórum Nacional dos Executores de Sanidade Agropecuária, encerrado nesta sexta-feira, dia 3. O encontro, realizado em Aracajú – SE, reuniu por dois dias os executores de defesa agropecuária de 21 unidades da Federação.

De acordo com o presidente da Adapec - Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins, Humberto Camêlo, esse grupo será fundamental para que se consiga, até 2010, tornar todo o país livre de aftosa com vacinação. “Cada estado se comprometeu em ceder pelo menos um profissional, para auxiliar na execução de uma atividade sanitária, sempre que uma unidade da federação necessitar, como ocorreu recentemente com a vacinação na calha do Amazonas, por exemplo,” explica Camêlo acrescentando que “para unificarmos o status do Brasil é necessário que haja um esforço mútuo”.

A criação de um grupo nacional de emergência sanitária, para auxiliar os estados na execução de ações em situação de emergência, também foi definida pelo Fórum. Esse grupo será formado após a implantação de um banco de dados com o cadastro de profissionais de defesa agropecuária, por estado e especialidade.

Assuntos como a vigilância sanitária nas granjas avícolas com 10% de mortalidade, a fiscalização de produtos veterinários, as funções dos responsáveis técnicos das indústrias de produtos de origem animal, a adesão dos estados ao Sisbi – Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal, a implantação do Sisbov - Sistema de Gestão para Certificadoras de Rebanho Bovino e Bubalino, a certificação fitossanitária e o trânsito de vegetais também foram debatidos pelos executores.

Estiveram presentes na reunião representantes dos órgãos de defesa sanitária dos estados do Acre, Amazonas, Alagoas, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão, Pará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Espírito Santo e Sergipe.

Fórum

A próxima reunião dos executores ficou marcada para a primeira quinzena do mês de junho, no estado do Amazonas. Criado com a finalidade de promover a permanente articulação entre os órgãos de defesa agropecuária, com vistas a desenvolver de forma harmônica e integrada as ações de sanidade animal, vegetal e inspeção higiênico-sanitária e tecnológica dos produtos de origem animal e vegetal, atualmente, o Fonesa conta com a participação de membros de todas as unidades da Federação.

Fonte: Ascom Adapec

 

Por: Redação

Tags: Adapec, Fonesa, Humberto Camêlo, campo