Geral

Foto: Divulgação

O presidente do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins, Marcelo Falcão Soares, se reuniu na tarde de ontem, segunda-feira, 11, na sede da Secad – Secretaria Estadual de Administração, em Palmas, com o gerente da Rede Nacional do Gespública, Valmir Dantas, e a secretária da Secad, Sandra Gondim, para receber o Certificado de Alta Avaliação de 250 pontos concedido ao PEC - Parque Estadual do Cantão.

O reconhecimento é resultado das ações desenvolvidas no contexto do Gespública – Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização, programa criado pelo governo federal, implantado na Unidade de Conservação de Proteção Integral em 2006, pelo gerente Warley Rodrigues, e o apoio do técnico Gino Machado.

“É uma honra alcançar esta certificação, inclusive por ter como objetivo a proteção da biodiversidade biológica encontradas no parque e por estimular o envolvimento da comunidade do entorno”, disse o presidente do Naturatins, afirmando ainda que o programa já está em fase de implantação na sede do Instituto, em Palmas.

Valmir Dantas ressaltou a satisfação em ver emergir um projeto tão complexo, que é a busca da excelência na gestão ambiental.

Atuando como coodenadora Executiva do Gespública no Estado, a secretária da Administração, Sandra Gondim, afirmou que Estado encontra um cenário favorável para estar implantando mudanças e melhorias, e o Gespública é a ferramenta para o alcance da qualidade e excelência na gestão pública entre Governo, Estado e município.

Ações

Dentre as ações desenvolvidas pelo Naturatins no PEC para alcançar a certificação, destacam-se as parcerias firmadas com a comunidade do entorno do Parque; promoção de atividades de Educação Ambiental; apoio a projetos comunitários eco-sustentaveis no entorno; redução dos gastos com combustível, manutenção e equipamentos, e a implementação de atividades para promover a interação dos servidores da unidade. “O programa levantou a equipe, motivando a estabelecer e alcançar metas e também buscar parcerias. Atualmente todas as nossas ações são voltadas para a proteção do ecossistema do parque com o apoio da comunidade”, afimou Warley Rodrigues.

Segundo o gerente do PEC, a primeira medição visou avaliar o estágio inicial da gestão e, na ocasião, foi verificado 66 pontos na ferramenta de 250 pontos do Gespublica. A partir do marco zero, adotou-se ferramentas de apoio à gestão como análises de contexto de atuação, quando foi elaborado o Mapa Estratégico do PEC, bem como estabelecido sua Missão, Visão de futuro e Valores da organização.

A implementação das ações estratégicas possibilitou a verificação dos indicadores através do “Giro do PDCA” que tem seus princípios baseados no “Planejamento, Desenvolvimento, Checagem e Ações corretivas”. Utilizando-se deste ciclo, o parque alcançou 145 pontos em 2007 e posteriormente em 2008 a pontuação de 205 pontos, ambas na ferramenta de 250 pontos. Para este ano, seguindo a metodologia estabelecida, a meta é adotar a ferramenta de 500 pontos.

Fonte: Ascom Naturatins