Campo

Foto: Esequias Araujo

Representando o governador Marcelo Miranda, o secretário estadual da Indústria e Comércio, Eudoro Pedroza, participou da abertura oficial da 37ª Exposição Agropecuária de Gurupi. O evento, considerado o maior da região sul do Tocantins, teve início no dia 28 de maio e termina no dia 7 de junho, no Parque de Exposições Antônio Lisboa da Cruz.

“Nós sabemos que a agricultura e a pecuária são as bases da nossa economia. O Estado tem crescido muito graças ao trabalho conjunto dos governos e dos agricultores”, destacou Eudoro Pedroza, após visitar estandes de comercialização de animais, equipamentos agrícolas e de instituições como o Sebrae.

O presidente do Sindicato Rural de Gurupi, Cantidiano Alves, organizador da exposição, está animado com o movimento do público. “Muita gente está vindo pra cá e esperamos que no final o resultado seja bastante satisfatório”. O presidente ainda diz que “o Governo do Estado foi, mais uma vez, indispensável para a realização do evento”. A expectativa é que sejam gerados cerca de R$ 10 milhões em negócios.

Milhares de pessoas passaram pelo Parque de Exposições de Gurupi somente no dia da abertura oficial. O produtor rural do município de Formoso do Araguaia, José Feliciano, encontrou boas oportunidades de negócios. “Aqui tem muita coisa boa pra quem trabalha com a terra”, afirma.

A estrutura do evento conta com barracas de alimentação, palco para shows, espaço para leilão, além da participação de 78 expositores. “Aqui hoje faz parte o Ministério do Turismo, governo do Estado, Prefeitura Municipal, Sindicato Rural, os amigos da cidade de Gurupi e as entidades afins”, explicou o prefeito de Gurupi, Alexandre Abdala, se referindo ao sucesso da parceria que possibilitou a realização da exposição.

Até o dia 7 de junho serão realizadas palestras, dia de campo, torneios e leilões. A mesma estrutura da 37a Exposição Agropecuária de Gurupi também está servindo para a realização da 6ª Feira dos Setores Produtivos do Sul do Tocantins e da 11ª Ranqueada da Raça Nelore.

Fonte: Secom