Economia

Em meio à queda generalizada das exportações brasileiras, que chegaram a 22,8% no primeiro semestre, comparado a igual período de 2008, os estados do Mato Grosso, do Tocantins e Piauí registraram crescimentos de 20,7%, 4,4% e 58,6%, respectivamente, nas vendas externas, de acordo com a informação divulgada na sexta-feira, 10, pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Em termos de valor, o aumento mais significativo foi de Mato Grosso, que de janeiro a junho embarcou produtos equivalentes a US$ 4,604 bilhões, contra US$ 3,813 bilhões no primeiro semestre do ano passado e influenciou positivamente o resultado da Região Centro-Oeste, que fechou o período com crescimento de 9,3%. As maiores vendas foram de soja.

Embora menores, o Tocantins vendeu o equivalente a US$ 153,9 milhões (+4,4%) e o Piauí exportou US$ 72,3 milhões (+58,6%), enquanto os demais estados registraram retração nas vendas externas. São Paulo, por exemplo, o maior exportador nacional, contabilizou embarques de US$ 19,193 bilhões em produtos, com performance 29,4% menor em relação aos US$ 27,185 bilhões em igual período de 2008.

Houve quedas acentuadas também nas exportações do Rio de Janeiro (-38,5%), Espírito Santo (-32,7%), de Minas Gerais (-14,8%), do Rio Grande do Sul (-18,8%), de Santa Catarina (-23,2%), do Paraná (-24,6%) e da Bahia (-34,3%), além de acentuadas retrações nos estados da Região Norte e no Maranhão (-34,9%), por causa da menor demanda internacional pelos minérios que a Vale do Rio Doce explora no Pará e exporta pelo Porto de São Luís.

Fonte: Agência Brasil

Por: Redação

Tags: Centro-oeste, Economia, Exportação, Tocantins