Economia

A partir da próxima segunda-feira, 27, o Banco do Brasil iniciará em suas agências de todo o País a operacionalização do BNDES PSI – Programa BNDES de Sustentação do Investimento, por intermédio das linhas de crédito Finame, Finame Leasing, Finame Agrícola e BNDES Automático.

Criado por meio da Circular Nº 71/2009, de 10/07/2009, o BNDES PSI tem por objetivo financiar a produção e a aquisição isolada de máquinas e equipamentos novos, inclusive agrícolas, ônibus, caminhões, chassis, caminhões tratores, carretas, cavalos mecânicos, reboques, semi-reboques novos; fabricados no país, credenciados no BNDES; a aquisição de máquinas e equipamentos novos, fabricados no país, credenciados no BNDES no âmbito de projeto de investimento; a aquisição daqueles bens destinados a operações de arrendamento mercantil; e o capital de giro associado à aquisição isolada de máquinas e equipamentos.

As condições de financiamento estão bastante atrativas frente às demais linhas de crédito para financiamento de investimentos, inclusive oficiais, disponíveis no mercado.

Para o financiamento de ônibus, caminhões, chassis, carretas, cavalosmecânicos, reboques, semi-reboques, tanques e afins a taxa de juros é de 7,5% ao ano fixa, ou seja, sem indexação pela TJLP, o que é comum nesse tipo de financiamento. Para os demais bens – máquinas e equipamentos novos, inclusive agrícolas, tratores, colheitadeiras, implementos agrícolas, embarcações e aeronaves – e capital de giro associado a taxa fixa cai para 4,5% ao ano.

O nível de participação nos financiamentos direcionados às micro, pequenas e médias empresas – MPMEs é de até 100% do valor dos itens financiamentos e para as grandes empresas de até 80%.

Outro grande atrativo do Programa é o prazo dos financiamentos que, nos financiamentos a ônibus, caminhões, chassis, carretas, reboques e semireboques, pode chegar a até 96 meses, incluído o prazo de carência de 3 ou 6 meses, ou até 120 meses, incluído o prazo de carência de 3 a até 24 meses, para os demais bens.

Para garantia do financiamento, além dos próprios bens financiados, poderá ser utilizado o Fundo Garantidor para Investimentos – FGI, cujas normas operacionais e regulamentação específica serão brevemente divulgadas pelo BNDES.

Os gerentes das agências do BB no Tocantins já estão habilitados a fornecer todas as informações sobre o Programa BNDES PSI e alertam os interessados que somente poderão ser atendidos os pedidos de financiamento contratados até 31/12/2009, observado o limite orçamentário estabelecido para o Programa.

Fonte: Assessoria de Imprensa BB

Por: Redação

Tags: Banco do Brasil, BNDES, Economia, Financiamento