Campo

Segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), analisados pela Scot Consultoria, a área plantada com milho (primeira safra) deverá encolher 10,7% em relação à safra anterior. Na temporada 2009/2010 o grão ocupará 8,28 milhões de hectares.

A baixa liquidez do mercado do milho em 2009 foi o fator que mais pesou na decisão do produtor que, na safra atual, acabou optando pela soja.

As maiores reduções de área ocorreram no Mato Grosso (35%), em Goiás (28%), no Paraná (27%) e no Mato Grosso do Sul (23%). Consequência disso, a produção brasileira de milho (primeira safra) deverá cair 3,9%.

No Paraná, maior produtor nacional, a Conab estima uma redução de 0,8% na produção deste ano. Em Minas Gerais a queda poderá chegar a 8%.

A queda só não foi maior graças ao bom desenvolvimento das lavouras nesta safra. Cabe destacar que na temporada passada, a estiagem atingiu grandes regiões produtoras e comprometeu a produtividade das lavouras.

Mesmo com a previsão de menor produção (2009/2010), o mercado do milho deve seguir pressionado pela elevada oferta. Somado a este montante, cuja colheita se intensifica a partir de fevereiro, os estoques de passagem são da ordem de 11,2 milhões de toneladas.

Fonte: Scot Consultoria

Por: Redação

Tags: Conab, Safra de Milho, Scot Consultoria, campo