Geral

Foto: Samuel Daltan

A convite do presidente Luís Inácio Lula da Silva, o governador Carlos Henrique Gaguim participou, no município de Itabuna (BA), da inauguração do Gasena – Gasoduto da Integração Sudeste-Nordeste. O evento aconteceu na manhã desta sexta-feira, 26, e além do Presidente, contou com a presença da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, do ministro da Integração Nacional, Gedel Vieira Lima e do governador da Bahia, Jacques Wagner. O presidente do Prodivino, Melck Aires, acompanhou Carlos Gaguim durante sua viagem à Bahia.

Antes da solenidade oficial, o governador, ao lado de Lula, conheceu o sistema de distribuição de gás natural na Sede da Gasene, que tem a capacidade, segundo o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrieli, de “abastecer todo o Nordeste do Brasil, triplicando sua oferta atual”. Carlos Gaguim aproveitou a oportunidade para abrir o diálogo com Gabrieli sobre a construção futura de um gasoduto no Tocantins, já que o projeto de criação da companhia de gás do Estado já foi aprovado.

“É importante conhecer as obras que vão desenvolver o Brasil, porque assim podemos planejar o crescimento do Tocantins em consonância com o do país”, disse o governador. Na solenidade realizada no Parque de Exposições de Itabuna, Carlos Gaguim foi muitas vezes citado pelas autoridades presentes, entre elas a ministra Dilma Roussef. Em seu discurso, Lula disse que o dia era especial por significar mais um degrau na conquista da independência do Nordeste brasileiro. “Estamos dando ao Nordeste a mesma oportunidade que o Sul e o Sudeste já tiveram”, concluiu o Presidente.

Após a inauguração do Gasene, Carlos Gaguim seguiu na comitiva do presidente Lula para o município de Ilhéus, para a cerimônia de lançamento dos editais para a construção de Ferrovia Oeste-Leste.

Gasoduto

O Gasene – Gasoduto Sudeste Nordeste começou a ser construído em maio de 2008, pela Petrobras. A obra faz parte do PAC - Programa de Aceleração do Crescimento e ampliará o fornecimento de gás natural para vários estados brasileiros, passando por 68 municípios, da Bahia até o Rio de Janeiro, em 1.387 km. Foram investidos cerca de R$ 7,2 bilhões. Em conjunto, a Bahiagás – Companhia de Gás da Bahia realizou a ampliação da rede distribuidora, com pontos de entrega nos municípios baianos de Itabuna, Mucuri, Ilhéus e Eunápolis.

O projeto interliga o Nordeste às grandes fontes do combustível exploradas no sudeste do País, como as bacias de Campos (RJ), Santos (SP) e Espírito Santo, aumentando a oferta de gás natural em até 20 milhões de metros cúbicos. Este volume adicional de gás, segundo os dirigentes da Bahiagás, representa quase o dobro do que a região consome atualmente. Na Bahia, são 950 km de gasodutos construídos pela Petrobrás dentro do projeto Gasene.

Fonte: Secom