Campo

Foto: Divulgação

Durante esta segunda-feira, 03, inspetores e fiscais da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) de todas as regionais e escritórios do Estado se vestem de preto para dar alerta ao governo do Estado sobre a correção do valor do Ressarcimento de Despesas Agropecuárias (REDAD). Os inspetores e fiscais reivindicam também a criação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) para a categoria.

A decisão desse protesto foi tomada em reunião realizada na última quarta-feira, 28, na sede do Sisepe-TO, em Palmas, onde inspetores e fiscais de várias regiões do Estado estiveram presentes no sindicato para cobrar uma posição do governo.

Os fiscais de barreiras fixas atualmente tem incentivos de 40%, já os que trabalham em barreiras volantes são contemplados com 55% do valor do vencimento. Para os demais que exercerem atividade internas e externas recebem 30% nos vencimentos.

O presidente do Sisepe fala o motivo da reivindicação da categoria. “Os inspetores e fiscais que optaram pelo Redad não recebem diárias. Portanto, reclamação é de que esses valores são insuficientes para custear as despesas com hospedagem, alimentação e outros gastos durante os trabalhos”, esclareceu o presidente.

O Sisepe já solicitou à Administração Estadual a correção do Redad e apresentou Minuta de anteprojeto de lei para a criação do plano de carreira para a categoria. A Casa Civil está estudando e fazendo levantamentos do impacto dessa correção, mas os servidores estão insatisfeitos com a demora.

O Redad tem o objetivo de indenizar as despesas feitas pelos servidores no exercício das atividades de defesa agropecuária, que incluem fiscalização, a inspeção e a execução de medidas e ações necessárias como a prevenção, o controle e a erradicação de pragas e doenças que afetam a sanidade vegetal e animal.

O Redad foi fruto de reivindicações da categoria e negociações do Sisepe com a Administração Estadual e hoje beneficia mais de 500 fiscais e inspetores.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Sisepe

Por: Redação

Tags: Adapec, Inspetores Agropecuários, Sisepe, campo