Polí­tica

Foto: Divulgação Reis rebate críticas ao partido Reis rebate críticas ao partido

Depois de todo impasse envolvendo o presidente do PMDB, Osvaldo Reis e seu apoio para as eleições de outubro, fontes do Conexão Tocantins afirmaram que na próxima terça-feira, 27, o peemedebista deverá declarar apoio para o adversário do governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB), o ex-governador Siqueira Campos (PSDB).

A articulação em torno de Reis foi da senadora Kátia Abreu (DEM), segundo uma fonte. Reis deverá levar durante a caminhada com o presidenciável José Serra (PSDB) que estará em Palmas dia 27, lideranças do seu grupo, embora prefeitos de sua base já tenham afirmado ao Conexão Tocantins que não acompanharão o deputado caso ele mude de grupo político.

O Conexão Tocantins tentou falar com o deputado para averiguar as informações mas até o fechamento da matéria não obteve sucesso.

Reis vem insatisfeito com a invasão em suas bases eleitorais por outros candidatos da coligação governista e ainda com a participação de Marcelo Miranda e seu pai Brito Miranda na campanha de Gaguim como ele mesmo declarou em entrevista ao Conexão Tocantins.

No dia 16 de julho Reis conversou com Gaguim na sede do PMDB em Palmas e teria descartado a possibilidade de apoio ao tucano.

Procurado também por nossa equipe,o secretário geral do PMDB e um dos aliados de Reis, Márcio Carvalho afirmou que falou recentemente com o deputado e que até o momento não teve conhecimento desse posicionamento do peemedebista.

Caso se confirme as informações de bastidores, Reis deve se juntar à Moisés Avelino (PMDB) e ao prefeito de Santa Fé do Araguaia, Valtenis Lino, que já apoiam Siqueira.