Polí­tica

Foto: Divulgação

O radialista Beto Palaci, filiado ao PR, desistiu de tentar uma cadeira na Assembleia Legislativa no pleito deste ano.

Em entrevista ao Conexão Tocantins, Palaci afirmou que “prorrogou a pretensão para 2012” quando pretende disputar uma vaga na Câmara de Palmas.

Indagado sobre os motivos que o levaram a desistir no dia do registro da candidatura, o radialista frisa que o partido deixou a desejar. “Não senti firmeza da forma como foi feito”, afirmou completando que chegou inclusive a aparecer em uma pesquisa expontânea de consumo interno.

O radialista evitou entrar em detalhes mas disse ainda que ficou assustado com a forma como o partido lidou com sua candidatura. Sua base eleitoral, como foi acordado na sigla seria Palmas e mais 40 municípios.

Palaci foi convidado pelo PR para disputar e vinha preparando bases eleitorais e lideranças no entanto a ruptura do partido com o governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) foi decisiva na sua candidatura.

O radialista afirma que ainda não sabe quem vai apoiar e direcionar suas bases. “Eu priorizei minha carreira profissional, essa foi minha maior preocupação”, disse.

Com o PR compondo no grupo de apoio ao ex-governador Siqueira Campos (PSDB) , Palaci afirma que se mantem neutro com o foco profissional. “ Não tenho nada contra o ex-governador, ele é um grande estadista”, afirmou completando que Gaguim o trata com “uma atenção diferenciada”, disse.

Palaci é radialista na Redesat e ancora o programa “Sertanejo Bom demais” das 16 às 19 horas.