Polí­tica

Foto: Dicom/AL

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta quarta-feira, 1º, na Assembleia Legislativa, a deputada estadual, Josi Nunes (PMDB), líder do governo na Casa, afirmou que qualquer denúncia feita contra candidatos da coligação Força do Povo será apurada pelas lideranças da aliança.

A afirmação é sobre as denúncias contra o presidente da AL, deputado Junior Coimbra (PMDB), que estaria supostamente envolvido na compra do apoio do prefeito de Fortaleza do Tabocão, João Batista de Oliveira (PMDB). A denúncia foi feita ontem, terça-feira pela senadora Kátia Abreu (DEM).

De acordo com Josi, o governador e candidato à reeleição, Carlos Gaguim (PMDB) está atento aos fatos e, caso sejam confirmadas as denúncias, ele tomará as devidas atitudes para a solução da situação. “Nosso governo e candidato são os primeiros a exigir comprovação. E se tiver de tomar providências, tomará”, completou.

Contudo, a deputada não acredita que seu colega de Assembleia, esteja realmente envolvido no processo de compra de apoio do prefeito. “Não vejo como justas ou verdadeiras as denúncias da senadora”, informou.

Tranquilidade no governo

A deputada destacou ainda que o governador está tranquilo com a situação, e que ele também não crê na veracidade das acusações da parlamentar democrata. “Ele inclusive já ligou para o nosso presidente (deputado federal Osvaldo Reis, presidente regional do PMDB), que afirmou que se tiver qualquer coisa, deve ser apurada”, compleotu.

Na ocasião, a deputada lembrou do caso de um funcionário do Departamento de Estradas e Rodagem do Tocantins, acusado de irregularidades no departamento. De acordo com Josi, o presidente assumiu postura enérgica no sentido de punir o funcionário, depois de comprovadas as denúncias. “Ele tomou as devidas providências, não importando se era funcionário antigo”, completou.

Segundo a deputada, o governador também tem assumido postura defensiva no que se trata de acusações de irregularidades nas eleições. De acordo com Josi, Gaguim tem recomendado a todos seus candidatos a máxima transparência por parte de seus pares. “Não vou prejudicar a minha candidatura e não quero que prejudiquem a de vocês”, teria recomendado o governador.

Sobre casos de irregularidades no processo eleitoral, a deputada classificou o governador Gaguim como “duro, correto e transparente”. Segundo ela, Gaguim teria informado a todos seus candidatos que “aquele que usar a máquina para benefício prórpio, ele tomará as devidas providências”.

Postura dúbia do prefeito

Josi Nunes ainda questionou a postura do prefeito de Fortaleza do Tabocão que, desde que a situação foi deflagrada, recuou e retomou seu posicionamento com relação ao flagrante que seria armado contra Coimbra. Sobre isso, a deputada informou que “essas idas e vindas geram dúvidas”.

A deputada completou informando ainda que “se uma pessoa tem uma denúncia consistente, ela deve levá-la até o final”.