Polí­tica

Foto: Divulgação

Em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira, 6, a líder do governo na Casa, Josi Nunes (PMDB) afirmou que, mesmo o governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) sendo derrotado nas urnas, sua bancada continuará atuando no parlamento. “Vamos continuar o trabalho em defesa da igualdade, da empregabilidade, da sociedade”, completou.

Josi ainda aproveitou para agradecer o apoio recebido por Gaguim em uma das eleições mais apertadas do Tocantins. A diferença entre o governador e Siqueira Campos ficou a menos de 1% do total de votos. “Gostaria de agradecer ao prefeitos, vereadores e lideranças de cada cidade”, destacou. Josi ainda completou afirmando que “a diferença da votação não demonstrou a totalidade da certeza do eleitorado tocantinense”.

Relembrando da campanha, a líder do governo ressaltou que foi necessário muito esforço para atingir e convencer o eleitor do Tocantins. “Vimos de tudo. Santinhos e santinhas, discursos, verdades e inverdades”, afirmou.

Recado para a mídia

Em seu discurso, a deputada aproveitou para mandar um recado direto aos meios de comunicação. Sem citar nomes de veículos, a deputada ressaltou que “todos, sem exceção, devem contribuir para a reconstrução da ética e da moralidade”.

Osires Damaso critica campanha governista

O deputado Osires Damaso (DEM) também subiu à bancada para agradecer os votos que o reelegeram para mais quatro anos de Asembleia Legislativa. No entanto, o discurso do democrata se virou contra a campanha eleitoral da base governista.

Criticando os gastos da campanha de Gaguim, Damaso destacou que fez uma campanha com baixo custo orçamentário. “Não paguei nenhum centavo para comprar eleitorado com bicicletas. Contratei minha militância e paguei com o cheque da campanha”, completou.