Estado

O defensor público do Estado do Tocantins, Arthur Luiz Pádua Marques, foi um dos 40 defensores brasileiros selecionados para participar do II Seminário sobre Sistema Interamericano de proteção aos Direitos Humanos e Defensoria Pública - A Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos, que será realizado, no período de 20 a 23 de outubro, em Belo Horizonte.

O evento é uma realização da Associação Nacional dos Defensores Públicos- ANADEP, Associação Interamericana de Defensores Públicos- AIDEF, e Associação dos Defensores Públicos do Estado de Minas Gerais- ADEP/MG, com coordenação científica da Côrte Interamericana de Direitos Humanos.

A capacitação sobre jurisprudência do Sistema Interamericano de Direitos Humanos é tradicionalmente realizada na sede da Corte IDH, em São José da Costa Rica. Nesse ano, será realizada no Brasil, em Belo Horizonte, somente para Defensores Públicos Brasileiros.

A ANADEP e ADEP lançaram edital para a seleção dos 40 participantes onde, entre outros requisitos, os concorrentes deveriam ter fomação na língua espanhola. “Estou muito feliz e honrado em ter meu currículo selecionado para participar deste importante Seminário Interamericano. A jurisprudência da Corte Interameriacana deve por nós ser usada inclusive em nossas petições do dia dia até mesmo para que possamos abrir ainda mais nossa forma de atuação”, ressaltou o defensor público Arthur Marques.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Defensoria Pública