Polí­tica

Foto: Divulgação

O PPS, mesmo integrando o grupo governista a nível estadual faz campanha para o presidenciável José Serra (PSDB) neste segundo turno. Este fator em comum com o PSDB regional que elegeu Siqueira Campos para o governo é motivo para uma busca de diálogo por parte dos tucanos.

O presidente do PSDB, Ernane Siqueira em entrevista ao Conexão Tocantins nesta quarta-feira, 13, disse que como vai estar mais próximo da legenda em função deste segundo turno, pretende abrir uma conversação em torno de uma aliança para o governo de Siqueira a partir de janeiro.

“Vamos estar mais próximo e tudo depende de uma conversação que ainda não foi feita mas vamos buscá-la”, frisou. Ernane diz acreditar na possibilidade do PPS ser aliado no novo governo, principalmente se Serra vencer.

“O governador vai fazer um governo de coalizão para trabalhar junto e desenvolver projetos para o Tocantins”, disse. Para o presidente do partido, Siqueira deve governar com maioria absoluta dos partidos e ainda na Assembleia Legislativa.

“Tenho certeza que ele (Siqueira Campos) será um governador aberto ao diálogo e terá sem dúvida nenhuma uma boa relação com o legislativo”, informou. Ernane disse que Siqueira não terá dificuldade para governar por falta de apoio. “A relação será a melhor possível”, acrescentou.

Campanha de Serra

O presidente, que coordena a campanha de Serra no Estado, viaja para São Paulo onde participará de uma reunião com a coordenação nacional para definir detalhes da mobilização e ainda material de campanha.

Ernane frisou porém que a mobilização no Estado já está acontecendo.