Polí­tica

Foto: Divulgação

Faltando pouco mais de um mês para o início do governo de Siqueira Campos (PSDB) o governador eleito já começa a sondar a nova equipe de secretários que vão compor sua gestão.

O coordenador de transição, Eduardo Siqueira Campos (PSDB) voltou a frisar ao Conexão Tocantins nesta segunda-feira, 15, que apenas o tucano é quem falará sobre a nova equipe que deve ser revelada dia 15 de dezembro.

A nova equipe, segundo Eduardo, será responsável pela articulação política junto aos partidos de oposição já que Siqueira não tem maioria na Assembleia Legislativa nem na Câmara Federal. “A Articulação política ficará por conta dos novos secretários e dos próprios deputados”, disse.

Eduardo contou porém que já se reuniu com os deputados que darão sustentação ao governo de Siqueira. “Já estive reunido com as bancadas e com os senadores”, disse.

O trabalho de articulação terá também o direcionamento de Siqueira, conforme o coordenador.

No primeiro mês de governo Siqueira terá os deputados da atual legislatura na Assembleia, já que a posse dos novatos acontecerá apenas em fevereiro junto com a eleição para a presidência e mesa diretora.

Trabalho técnico

O coordenador ressaltou que a preocupação atual é a organização interna do grupo e ainda ter acesso aos dados do Estado. “Precisamos de tudo isso para formatar o novo governo”, disse. Esta semana está prevista mais uma reunião com os membros de transição.

Novos secretários

Dentre os nomes cotados para assumir secretarias no governo de Siqueira estão Otoniel Andrade, Goiaciara Cruz, Moisés Avelino e ainda Eduardo Siqueira. Raimundo Boi (PP) é um dos nomes cotados para a secretaria de Governo responsável pelas relações partidárias do governo.