Estado

O Produto Interno Bruto (PIB) do Tocantins, soma de todos os bens e serviços finais agregados à economia tocantinense no ano de 2008 atingiu o valor de R$ 13,091 bilhões e representou aumento real de 6,1% em relação ao PIB de 2007, deduzida a inflação no período.

Os dados fazem parte do lançamento do PIB, realizado pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e todos os 27 órgãos estatísticos estaduais, nesta quarta-feira, 17, no Rio de Janeiro. O cálculo do PIB é feito a partir da soma do Valor Adicionado com os impostos sobre produtos, subtraindo-se os subsídios.

Segundo os dados, a taxa de crescimento real do PIB tocantinense foi superior à registrada na região Norte, 4,8% e no Brasil, 5,2%. Comparada no período de 2002 a 2008, a taxa de crescimento acumulada no Tocantins foi de 47%, a maior dentre os estados brasileiros.

O PIB é calculado pelas atividades dos setores: agropecuária, indústria e serviços. Dos três, o setor de serviços obtém maior participação no PIB tocantinense, com percentual de 55,6% do valor adicionado estadual. Em segundo ficou o setor da indústria, participação de 23,6% e o setor da agropecuária participou em 20,8% do valor adicionado estadual.

Serviços

O desempenho do setor de serviços, que cresceu 3,6% em relação a 2007, foi provocado por um acréscimo de 4,9% na atividade Comércio (influenciado pelo Comércio Atacadista e Comércio Varejista de Veículos, motocicletas, partes e peças). Outras atividades que também influenciaram para o aumento em serviços foram Transporte e Alojamento e alimentação que cresceram respectivamente 10,3% e 8,2%.

Indústria

O setor Industrial apresentou um crescimento real de 9,6% em relação a 2007. Este desempenho deveu-se principalmente a variação de 14,5% na atividade de Transformação, ocasionada pelo crescimento das indústrias de Alimentos e Bebidas e a de Couro e Similares. Por outro lado, a atividade de Construção Civil que em 2007 era a segunda atividade de maior peso no Valor Adicionado Bruto (PIB) do Tocantins com representação de 13,6%, em 2008 passa a ser a terceira colocada representando 13,3%, em razão da maior participação da atividade de Comércio.

Agropecuária

O setor Agropecuário tocantinense apresentou crescimento real 6,6% em relação ao ano anterior, em virtude da elevação real de 15,2% na agricultura e silvicultura, influenciado pelo bom resultado das atividades de cultivo de soja, que aumentou em 34,9% em 2008. Outro fator foi a elevação em 20,4% no cultivo de cereais para grãos, provocado principalmente pelo aumento na produção de arroz e milho. Em direção contrária, a pecuária apresentou decréscimo de 1,7% em relação a 2007, devido à queda de 1,2% na criação de bovinos e produtos de origem animal.

Dentre as 17 atividades que compõe o Valor Adicionado do Tocantins, as cinco atividades de maior peso são: administração, saúde e educação públicas; comércio e serviços de manutenção e reparação; construção civil; agricultura, silvicultura e exploração florestal e pecuária e pesca. O PIB do Tocantins manteve a participação 0,4% do PIB Nacional e a 24ª posição no ranking brasileiro.

O PIB per capita em 2008 ficou em R$ 10.223 contra R$ 8.921 em 2007, permanecendo na mesma posição no ranking nacional de 2007, 16ª posição.

Para a Seplan – Secretaria Estadual do Planejamento, responsável pela consolidação das contas regionais e municipais, os dados do PIB estadual são essenciais para a promoção das políticas públicas e avaliação dos índices de crescimento e desenvolvimento do Tocantins.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Seplan