Polí­tica

Foto: Divulgação

O grupo de oposição ao governo do Estado recebeu com espanto a notícia da exoneração de 15.565 servidores comissionados de uma só vez da estrutura administrativa, segundo o deputado estadual Iderval Silva (PMDB).

Ao Conexão Tocantins, o parlamentar salientou que as exonerações representam um caos para o Estado. “Eu acho muito danosa esse tipo de demissão, ele (governador Siqueira Campos ) deveria esperar o concurso”, salientou.

O deputado frisou ainda que o grupo de oposição se preocupa como a máquina vai funcionar sem os servidores. O governo garantiu que não haverá transtornos nos serviços essenciais.

Possíveis contratações

Mesmo com as demissões e com a decisão do Supremo Tribunal Federal de pedir a equiparação na máquina, o governo pode fazer algumas contratações necessárias se houver necessidade conforme admitiu o secretário de Administração, Lúcio Mascarenhas.

“Espero que ele não mande nada para a Assembleia para contratar depois de exonerar tantos pais de famílias, por que aí vira ato político”, frisou.

Iderval ainda afirmou: “Não esperávamos por esse tsunani. Isso é um desastre. Espero que ele esteja sabendo o que está fazendo”, salientou.

Preocupação

Outra preocupação, segundo o deputado, é com a queda na economia e ainda falta de mercado de trabalho para esses servidores. “A iniciativa privada não tem como amparar isso”, pontuou.