Polí­tica

Foto: Philipe Bastos

Os 12 deputados da base oposicionista ao governador Siqueira Campos (PSDB) reúnem-se nesta segunda-feira, 31, na casa da deputada petista Solange Duailibe para definir os rumos da candidatura oposicionista à presidência da Assembleia Legislativa. Presentes na residência, o ex-governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) e o prefeito de Palmas Raul Filho (PT) também participam.

De acordo com a deputada, sua candidatura está mantida e é respaldada pela direção nacional do Partido dos Trabalhadores. “O PT nacional não entende este posicionamento do partido dentro do Tocantins”, completou.

Solange ainda confirmou que conta com o apoio do grupo de 12 deputados da oposição ao governo Siqueira Campos. São parlamentares do PMDB, PPS, PSB, além do republicano Stálin Bucar (PR). Os outros dois deputados petistas que compõem a Assembleia Legislativa, Amália Santana e José Roberto Forzani não fecharam apoio à candidatura do PT.

Sobre uma suposta disputa interna, contudo, a deputada Solange frisou que não se preocupa com isso, justamente pelo fato de contar com o respaldo da Executiva Nacional do partido.

Confiança

A deputada se mostrou confiante com relação à eleição que acontece nesta terça-feira, em sessão extraordinária na AL. Solange informou ainda que o governo do Estado não conseguirá manter o compromisso firmado com a direção estadual do PT, que seria ter 13 dos 24 votos para eleger o presidente da Casa. “O governo tem por obrigação apresentar este 13º nome”.

Mesmo que perca a eleição por conta dos critérios de desempate que favorecem o deputado mais idoso e com maior tempo de legislatura, a deputada garantiu que a oposição continuará forte ocupando os demais cargos da Mesa Diretora.

Solange ainda destacou a importância de uma oposição forte para fiscalizar as ações do governo do Estado. “Nós precisamos manter para não termos um governo absolutista. Temos que ter os Poderes equilibrados”, completou.

13º elemento

Em tom descontraído durante o almoço que reuniu os 12 deputados da oposição, o prefeito Raul Filho pediu a palavra para atentar a um detalhe: a mesa onde foi servido o almoço para os deputados estava posta à frente de um quadro da Santa Ceia. Raul lembrou que eram 12 os apóstolos de Jesus, assim como são 12 os deputados de oposição. “E o 13º ainda vai chegar”, garantiu.

Em entrevista à equipe da Rede Bandeirantes, a deputada, sem citar nomes, a deputada Solange frisou que esta será uma surpresa da oposição para o dia da eleição.