Polí­tica

Foto: Divulgação

Um dos nomes colocados na disputa à Prefeitura de Palmas no próximo ano, o deputado federal Eduardo Gomes (PSDB) frisou ao Conexão Tocantins na manhã desta segunda-feira, 7, que no momento mantém o foco nas atividades na Câmara Federal. “Meu nome simplesmente é mais um nome que está no grupo que vai marchar unido à Prefeitura de Palmas”, salientou.

No grupo do governador Siqueira Campos, Gomes citou ainda como nomes colocados e com condições de serem indicados para a disputa ao Paço Municipal, o deputado pevista Marcelo Lelis, a ex-deputada federal Nilmar Ruiz (PR). Gomes ainda lembrou que “outros nomes propensos podem surgir”.

O grupo trabalhará em convergência na escolha do candidato, segundo o deputado. “O grupo, a coligação Tocantins Levado a Sério e a frente de partidos vai fomentar e trabalhar com a política de convergência”, salientou.

Gomes apoiou a candidatura de Lelis em 2008 e salientou ainda que não terá dificuldades em seguir a escolha tomada pelo grupo quando se afunilarem as articulações. “Tenho que reconhecer e agradecer as manifestações feitas pelas pesquisas e pelos meus colegas políticos”, disse.

O deputado é também muito próximo do empresário Carlos Amastha, um dos nomes pré-colocados na disputa, e na entrevista frisou que vê como positiva a disposição dele concorrer à prefeitura. “É um empresário que apostou na cidade”, disse.

Para o tucano, o secretário de Planejamento e Modernização Pública e também coordenador político do grupo, Eduardo Siqueira Campos saberá conduzir essa discussão da prefeitura da capital assim como nos outros municípios.

Câmara Federal

Questionado se o governador Siqueira Campos (PSDB) deve conseguir ter apoio de maioria dos parlamentares da bancada federal o deputado frisou que nota em todos os colegas o desejo de ajudar o governo. “As manifestações que acompanho pela imprensa e pela convivência, todos os oito sabem da situação do Estado, da necessidade de recursos e de realinhar o Estado. Todos os oito estão com vontade de apoiar o governo com relação a recursos”, disse.

Gomes pontuou ainda que sua eleição para primeiro-secretário da mesa da Câmara é importante para a representatividade do Estado principalmente com relação à conquista de espaços. “São espaços inéditos para o Estado e mostra para os que vierem que é possível batalhar e conseguir espaço”, disse.

A votação de Gomes na eleição é considerada histórica na Câmara. O tucano teve 474 votos e fará discurso de agradecimento na próxima sessão na Casa.