Polí­tica

Foto: Divulgação

O presidente da Associação Tocantinense de Municípios, prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino (PR), afirmou ao Conexão Tocantins na manhã deste sábado, 26, que a determinação do governador Siqueira Campos (PSDB) para que o salário mínimo no Estado seja de R$ 600 não atinge os municípios.

“Isso não se aplica anos municípios, o governador conhece nossa situação, sabe da queda no Fundo de Participação dos Municípios e essa decisão dele é única e exclusivamente para os funcionários do Estado”, salientou.

O presidente viu a decisão como adequada por parte do governo. “Essa medida não alcança os municípios nem os empresários”, disse.

Alguns gestores temiam que a decisão tivesse que se estender aos municípios do Estado e sendo assim poderia complicar a situação financeira.

Relacionamento com governo

O presidente frisou ainda que o relacionamento com o governador tem sido aberto com relação às questões dos municípios no entanto ainda não há uma ajuda concreta para os prefeitos. “Não tem como ainda, até porque o governador não tem orçamento ainda, nossa relação está boa, eu tenho convicção de que o governo não vai deixar de apoiar os municípios”, frisou.

Nesta segunda-feira, 28, haverá um evento da associação onde o governador estará presente e deve anunciar alguns benefícios para as prefeituras.